Aeronaves Artigos Não categorizado

Despressurização do voo da Gol sem sensacionalismos

cessna_semi-portable_!570x328

Enfim, faz um certo tempo que eu não faço matéria técnica (algumas semanas?), mas lendo hoje durante uma aula minha a notícia rapidamente espalhada de que uma aeronave da Gol sofreu despressurização, a parte de espalhar rapidamente foi graças a um político que estava na aeronave (sim, sabe como se comporta a mídia).

Não vou dizer que procedimentos de despressurização são comuns porque na verdade não é normal uma aeronave que voa acima de 30 mil pés despressurizar, na verdade é encarado como emergência (apesar de alguns pilotos não declararem). Na verdade o que acontece? é básico. Toda aeronave moderna como esse Boeing 737-800 da Gol tem um bom sistema de fornecimento de oxigênio nesses casos, os cilindros de aeronaves mais modernas como os atuais A320, os 737NG entre outras tem capacidade para fornecer cerca de 20 a 22 minutos de oxigênio a todos os passageiros, mesmo que a aeronave esteja lotada em configuração Ryanair de voar. Só para ter uma noção, os cilindros podem carregar pressões de O2 por volta de 1000psi, o número de cilindros varia de acordo com a aeronave e seu tamanho.

“a impressão é que a aeronave estava caindo”. É necessariamente melhor ter essa sensação horrível para alguns do que fazer uma descida lenta, para deixar uma anotação por aqui, o piloto pode descer a até 7 ou 8 mil pés por minuto em um caso desses facilmente, o suficiente para ele sair de 38 mil pés para 10 mil em menos de 4 minutos, na verdade o suprimento de oxigênio é limitado e o quão mais rápido chegar em uma altitude ideal para voo sem pressurização (no máximo 10 mil pés).

Mas e o controle aéreo, não acha isso ruim?

Na verdade essa é uma das situações que a aeronave não precisa avisar o controle aéreo antes de começar a realizar a descida, cabe aos tripulantes (piloto e co-piloto) avisarem durante a descida que se trata de uma emergência e assim que estabilizar procurar por um aeroporto em condições de receber a aeronave.

Tinha cheiro de queimado abordo…

Tem totalmente a ver com o gerador químico das máscaras de oxigênio que no caso do 737NG são 2 por fileira.

 

Onde ficam? (foto)

Geralmente em aeronaves grandes e comerciais fica no porão, para os pilotos ao lado deles tem um cilindro próprio as vezes duplo. O engraçado é que tem 3 modos, o normal em que é para casos de descompressão, o 100% oxigen que é utilizado para casos de fumaça a bordo e o emergency com 100% de oxigênio com pressão para casos extremos como entupimento de máscara ou despressurização acima de 39 mil pés.

fig_09

 

Acionam automaticamente mesmo?

Passou de 10 mil pés a aeronave libera automaticamente, abaixo de 10 mil cabe aos pilotos decidirem por acionar.

 

Já aconteceu isso por aqui?

Me lembro de ter acontecido com um velhinho 737-300 da Webjet em 2011 ou 2012, só sei que já voei na aeronave antes disso.

Máscara dos pilotos.
Máscara dos pilotos.

Enfim, vamos repassar as notícias sem sensacionalismo…

About the author

Pedro Viana

Pedro Viana

Acadêmico de Engenharia Aerospacial - Editor de foto e vídeo - Fotógrafo - Aeroflap

Newsletter

[newsletter_signup_form id=1]

Facebook

Em busca de hotel?


Share This