Cerca de 60 mil pessoas prestigiaram o “Domingo Aéreo”, realizado no domingo (13/08), na Academia da Força Aérea (AFA), que teve como tema a celebração do aniversário de 65 anos da Esquadrilha da Fumaça. Mais de vinte atrações brasileiras fizeram parte da programação do evento que contou também com a Esquadrilha Halcones, do Chile.

Na exposição estática, os visitantes puderam conhecer alguns aviões, como o T-25 e o T-27, usados na instrução de cadetes; e o KC-390, o maior avião de transporte militar fabricado no Brasil; além dos helicópteros H-50 Esquilo, da AFA; e SH-16 SeaHalwk, da Marinha do Brasil; carros de combate do Exército Brasileiro e estandes sobre vários temas relacionados ao militarismo e à Força Aérea Brasileira (FAB).

No céu, os destaques foram o voo do primeiro dirigível produzido na América Latina, o ADB 3-x01; a apresentação de pilotos civis de acrobacias; e uma réplica do 14-Bis. Outra atração que chamou atenção foi a Esquadrilha Halcones, da Força Aérea Chilena, que realizou duas apresentações ao longo do dia, além de um voo junto com a Esquadrilha da Fumaça, que também realizou duas outras demonstrações.

“Esta é a primeira vez que venho com minha família. A organização do evento foi impecável, fomos muito bem recebidos, e as crianças ficaram encantadas com tudo que viram”, conta o professor Antônio Alves.

Foto – Força Aérea Brasileira

Neste ano, o público contou com um sistema de credenciamento, em que os ingressos foram disponibilizados gratuitamente. “Nossa intenção é dimensionar o evento e garantir uma boa organização para melhor atender aos nossos visitantes. Foi uma boa experiência que se repetirá nos próximos anos”, conclui o Comandante da AFA, Brigadeiro do Ar Mario Augusto Baccarin.

 

Via – Força Aérea Brasileira

This post is available in: pt-brPortuguês