Isso efetivamente pode ser muito rápido!

Um drone da Amazon, a famosa empresa de compras online dos Estados Unidos, já está operando, seu nome é PrimeAir. A sua primeira entrega para um cliente real demorou apenas 13 minutos desde quando a mercadoria foi posicionada até chegar na casa do cliente.

O único auxílio que o drone teve de um humano se limitou ao posicionamento da mercadoria. Esse primeiro contato de entrega por um drone totalmente autônomo foi realizado no Reino Unido, com um cliente que mora em Cambridgeshire.

A encomenda? Um dispositivo de streaming de conteúdo e um saco com pipocas.

A Amazon disse, através do seu CEO Jeff Bezos, que por enquanto as operações de drones ficarão restritas a algumas localidades do Reino Unido, onde a lei permite a operação de drones autônomos. O peso máximo da encomenda para o drones está limitado em 2,5 kg, ou 5 libras, e poderá sofrer aumento no futuro, de acordo com a demanda e testes da Amazon, o raio de ação é de 24 km.

O PrimeAir se destaca pela real possibilidade de realizar uma entrega rápida e a qualquer dia da semana, dependendo somente das operações de entrega local da Amazon. O drone precisa de um bom espaço livre para o pouso e de um local sinalizado pelo cliente, por enquanto a Amazon se concentra em realizar testes no campo aberto.

Atualmente a NASA e FAA trabalham nos Estados Unidos junto com a Amazon para incorporar um sistema que gerencie drones autônomos no espaço aéreo americano. O novo sistema deverá estar disponível até 2019 e voar com a altitude máxima de 400 pés (121 metros).

 

Será esse o futuro? Confira o vídeo abaixo.

COMPARTILHAR