img_5817.jpgO acidente ocorreu neste sábado no Aeroporto Internacional Comodoro Arturo Merino Benítez em Santiago, capital do Chile. O avião estava sendo rebocado para o reabastecimento antes do voo para Cordoba, enquanto o pino, uma parte do mecanismo que conecta a aeronave com o trator, se rompeu. Ao fazer uma curva a aeronave sem direção, colidiu com o rebocador.

Após essa colisão, trem de pouso e dois motores da aeronave foram danificados. O Ed Force One, pilotado pelo vocalista da banda Inglês, Bruce Dickinson, deverá permanecer no aeroporto até que respectivos reparos estejam concluídos.
Os engenheiros de voo estão no local avaliando os danos, mas o relatório inicial é que os motores sofreram grandes danos e exigirá um longo período de manutenção e, possivelmente, dois novos motores.

Através de um comunicado, a Direção-Geral de Aviação Civil -DGAC- confirmou que “a aeronave não estava transportando passageiros”, acrescentando que “dois operadores foram feridos, mas foram levados imediatamente para o Centro de Atendimento de Emergência do aeroporto.”
Além disso terá uma investigação pelo Departamento de Prevenção de Acidentes.

A banda Iron Maiden assegura os próprios fans que continuarão o Tour sem nenhum atraso na próxima etapa em Córdoba.

COMPARTILHAR