Essa é claramente uma notícia que você já deve ter se deparado durante essa semana no Facebook, Twitter ou Instagram, meios de mídia onde é proveniente a maior parte dos nossos acessos ao site (sim, ainda tem uma parte que entra diretamente).

Não é novidade a implementação do limite na internet fixa, diversas operadoras já “aplicavam” essas regras, porém não era tão frequente assim, já que outras operadoras como a GVT pressionavam para criar concorrência com bons planos (que não são mais tão bons assim).

Geralmente não costumamos expressar a opinião de nossa equipe aqui pela Aeroflap, vide que somos um dos principais portais de notícia sobre aviação e isso não seria uma atitude tida como correta por um meio de informações. Porém esse caso da “internet limitada” é de extrema preocupação para nós, por dois pontos:

 

1 – O limite na internet tornaria nosso trabalho por aqui muito mais difícil. Por dia realizamos em média 30 postagens quando inclui Facebook, Twitter e Instagram, esse número aumenta substancialmente quando estamos cobrindo algum evento de aviação, e piora mais ainda quando nesses mesmos eventos produzimos vídeos para nosso canal no Youtube.

2 – O tráfego de pessoas no site poderia diminuir bastante, visto que agora estaria em jogo um limite, que cortaria a internet do usuário não por falta de pagamento, mas por limite de uso (que é bem ridículo em alguns planos).

 

Além desses tópicos que afetam nossa forma de disponibilizar a informação para nossos leitores, também nos colocamos como clientes comuns, que atualmente tem uma demanda X por consumo de vídeos na internet, streaming de música (faço muito isso) e download de grandes arquivos em hosting cloud como Dropbox e Google Drive, esse último eu utilizo bastante, principalmente para gerenciar os arquivos entre notebook, tablet e smartphone.

A estrutura da Aeroflap, atualmente, exige que os membros ADM tenham internet muito veloz, que suporte a velocidade em que as notícias precisam ser repassadas e sempre esteja disponível para uso. Isso inclui conexões fixas de boa qualidade, um 3G com boa franquia de dados e também bons dispositivos para editar fotos e vídeos. Mesmo a internet limitada com pacote adicional de dados resultaria em um custo maior para todos, inclusive para os nossos leitores, que podem ter uma demanda bem mais rígida dependendo do tipo de trabalho realizado pela pessoa.

E para isso convidamos todos para se unir, assim como diversos youtubers, sites e blogs estão fazendo atualmente, contra um CARTEL de empresas, a qual você não tem NENHUMA opção de escolha, mesmo que as 4 atuem na sua região. Nós já sabemos que metade da batalha está perdida, visto que a Anatel é um órgão que recebe dinheiro das operadoras através de concessão de rede, algo normal para operar telefonia em nosso país. Porém estamos em um cabo de guerra bem maior do que esse apresentado rapidamente por nós, se trata de um interesse de Dinheiro por Impostos da Telefonia (governo) <-> Operadoras <-> Clientes. 

O principal meio em que podemos todos nos manifestar contra isso é através de um documento oficial que conste com a assinatura de milhões de Brasileiros, ele pode ser encontrado Clicando Aqui . Até o momento já receberam mais de 1 milhão de assinaturas, contribua você também, assim como todos os membros da Aeroflap.

 

Agradeço por essa breve atenção.

 

#Pedro Viana por toda Aeroflap

COMPARTILHAR