A Embraer entregou 14 jatos para o mercado de aviação comercial nos Estados Unidos, Europa e Ásia Pacifico ao longo do primeiro trimestre de 2018 (1T18). No segmento de aviação executiva, 11 unidades foram entregues nesse período, sendo oito jatos leves e três jatos grandes.

Com relação ao valor consolidado da carteira de pedidos firmes da Embraer, em dólares americanos, a Embraer divulgará esse valor referente ao 1T18, juntamente com os resultados do 1T18 em 27 de abril de 2018, uma vez que a carteira de pedidos firmes passou a fazer parte das Demonstrações Financeiras.

Entregas do 1T18:

Entregas por Segmento

1T18

 

 

Aviação Comercial

14

EMBRAER 175 (E175)

11

EMBRAER 190 (E190)

3

 

 

Aviação Executiva

11

Phenom 100

3

Phenom 300

5

Jatos leves

8

Legacy 450

2

Legacy 500

1

Jatos grandes

3

 

 

TOTAL

25

 

Destacamos o período de transição da Embraer na parte de aviação comercial, visto que a empresa está mudando parte de sua produção para os novos E-Jets E2, através de um esquema híbrido. Além disso o mercado também está aguardando a entrada em serviço dos novos jatos da Embraer e, portanto, adiando algumas entregas.

 

Destaques

O principal destaque do trimestre foi a certificação tripla do jato E190-E2, primeira aeronave da segunda geração de E-Jets de aviões comerciais, ocorrida em 28 de fevereiro. O avião recebeu o Certificado de Tipo da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), da Federal Aviation Administration (FAA), dos Estados Unidos, e da Agência Europeia para a Segurança da Aviação (European Aviation Safety Agency – EASA). É a primeira vez que um programa aeronáutico com o nível de complexidade do E2 recebe um certificado de tipo das três das maiores autoridades internacionais de certificação simultaneamente.

Foto – Embraer

Antes da certificação, a Embraer anunciou os resultados finais dos testes em voo confirmando o E2 como as mais eficientes aeronaves de corredor único do mercado. Em termos de consumo de combustível, o E190-E2 provou ser 1,3% melhor do que originalmente esperado, o que representa uma melhoria de 17,3% em relação ao E190 de geração atual.

A primeira entrega do E190-E2 foi realizada em abril, portanto não está incluída nos dados de entrega aqui divulgados.

Entrega do primeiro Embraer E190-E2, em São José dos Campos.

A Embraer Defesa & Segurança anunciou, durante o Singapore Airshow, a assinatura de uma Carta de Intenção com a empresa de serviços de aviação SkyTech para aquisição de até seis aeronaves de transporte multimissão KC-390. As aeronaves estão destinadas a diversos projetos de defesa e ambas as empresas também concordaram em avaliar uma potencial colaboração estratégica com o objetivo de explorar conjuntamente novas oportunidades de negócios nas áreas de treinamento e serviços.

Phenom 300E. Foto – Embraer/Divulgação

Durante o 1T18, a Embraer entregou o primeiro jato executivo Phenom 300E depois de receber a certificação da Federal Aviation Administration (FAA), dos Estados Unidos, da Agência Europeia para a Segurança da Aviação (European Aviation Safety Agency-EASA) e da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC). O novo modelo de jatos leves foi lançado e apresentado na Conferência e Exposição de Aviação Executiva da NBAA-BACE, em outubro de 2017.

 

Carteira de pedidos

Carteira de Pedidos – Embraer Aviação Comercial (em 31 de Março de 2018)

Modelo

Pedidos Firmes

Opções

Entregas

Pedidos Firmes a Entregar

E170

191

5

190

1

E175

603

150

511

92

E190

592

44

549

43

E195

169

1

164

5

175-E2

100

100

0

100

190-E2

74

97

0

74

195-E2

106

90

0

106

Total

1.835

487

1.414

421

Obs.: Entregas e pedidos firmes em carteira incluem aeronaves vendidas pelo segmento de Defesa para companhias aéreas estatais (Satena e TAME).

   

This post is available in: pt-brPortuguês