A Embraer divulgou hoje, no Farnborough Airshow, as perspectivas de mercado (Market Outlook) de 2016 a 2035, no qual detalha as previsões da demanda de mercado para novos jatos nos próximos 20 anos. A Embraer projeta demanda de 6400 novos jatos no segmento de capacidade de 70 a 130+ assentos (2300 unidades no segmento de 70 a 90 assentos e 4100 unidades na categoria de 90 a 130 assentos), cujo valor é de aproximadamente US$ 300 bilhões, até 2035.

A frota global de jatos em serviço no segmento de 70 a 130+ assentos aumentará de 2670 aviões em operação em 2015 para 6690 em 2035, sendo o crescimento mais rápido entre todos os segmentos. O crescimento do mercado será responsável por 63% da demanda enquanto a substituição de aeronaves antigas será responsável pelos 37% restantes.

Enquanto as perspectivas para cada região variam consideravelmente, o crescimento global permanece favorável ao longo dos próximos 20 anos, impulsionado por um movimento gradual de foco em participação de mercado para uma estratégia orientada para um crescimento disciplinado de capacidade com foco em lucro e retorno sobre o capital investido.

O preço do petróleo continuará desempenhando papel importante na evolução do tráfego aéreo de passageiros e na oferta de capacidade das aeronaves nos próximos anos. “Independentemente do efeito positivo óbvio no curto prazo nos balanços das companhias aéreas, o preço baixo do petróleo pode agravar o problema do excesso de capacidade, levando companhias aéreas a estimular a demanda por meio de redução de tarifas possibilitada pela redução do custo do combustível. Maior controle dos ajustes da capacidade dos aviões à demanda do mercado será um estratégia cada vez mais presente para manter as receitas à frente de custos no longo prazo”, explica John Slattery, Presidente & CEO da Embraer Aviação Comercial.

 

Veja abaixo a tabela detalhada da Embraer para o mercado de aviação nos próximos 20 anos.

Região Entregas Participação
     
América do Norte 2.020 31%
Ásia-Pacífico 1.690 26%
Europa 1.160 18%
América Latina 690 11%
CEI 380 6%
África 230 4%
Oriente Médio 230 4%
Mundo (2016-2035) 6.400
COMPARTILHAR