image
Foto - Embraer

A Embraer ainda tem expectativa de realizar um show aéreo em Farnborough com sua aeronave E190-E2, apesar do processo evolutivo do E2. Desde o voo inaugural do E-Jet E2, que ocorreu no dia 23 de maio, cerca de 37 horas de voo foram acumuladas em seu registro.

No entanto, ele precisa ter concluído torno 50 ou 60 horas de voo antes de tentar a travessia transatlântica do Brasil para o Reino Unido, disse Luis Carlos Affonso, vice-presidente de operações da Embraer.

Ele acrescenta: “O teste está indo muito bem Se continuarmos a ter esses bons resultados, vamos levá-lo para Farnborough.”.

O protótipo já realizou ensaios em pista molhada para fomprovar a eficiência dos freios, diz ele, está em preparação para a chegada no Reino Unido. “Porque chove muito na Inglaterra decidimos fazer estes testes para pista molhada”.

Até agora o Ejet E2 conta com 267 pedidos firmes. Esse valor não se alterou ao longo dos últimos 12 meses. No entanto, Affonso acredita que mais encomendas virá com a demonstração dos dados de vôo e consolidação das características de desempenho para o E2.

“Nós temos mais pedidos firmes para o E2 do que tínhamos para o E1 durante o mesmo período”, observa ele.

A Embraer já confirmou a participação do KC-390 na feira de Farnborought, como parte da turnê européia de apresentação aos possíveis clientes. No entanto o Ejet E2 ficou para ser confirmado em uma data posterior.

COMPARTILHAR