Militar Não categorizado News

Embraer poderá parar produção do KC 390

Assim como publicado pelo Jornal Econômico e pela Reuters, a Embraer poderá parar a produção do KC390 por falta de pagamento do governo, assim como afirmado pelo Diretor-Presidente da Empresa ,Frederico Fleury Curado. Se o governo interromper os pagamentos do programa de defesa a produção do KC390 poderá ser paralisada. O executivo afirmou “Não vamos pagar o resto do desenvolvimento sozinhos”, e de acordo com José Antônio Fillipo, vice-presidente financeiro da Embraer o valor total a receber do comando da Aeronáutica é da ordem de 850 milhões, desse total 700 milhões são do KC390 que está sendo produzido para a FAB e também para algumas forças aéreas no mundo visto acordos que o Brasil tem com alguns países. A primeira parcela de 138 milhões foi paga em abril.

1964941_455908181227377_253007051936624682_n

O presidente da Embraer disse que a companhia manterá o foco nos três principais programas da defesa, que são o KC-390, a integração dos sistemas do Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicação Brasileiro (SGDC) e o Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras (Sisfron).

No balanço divulgado nesta quinta-feira, a Embraer informa que as contas a receber de clientes aumentaram R$ 567 milhões no primeiro trimestre em relação ao quarto trimestre. O total devido atingiu R$ 2,44 bilhões, refletindo o alongamento dos ciclos de pagamento de alguns clientes, principalmente no segmento de defesa e segurança.

10945694_635391049899729_8892446006595897573_n

 

Fonte: Valor econômico ( www.valor.com.br/empresas/4029890/embraer-ameaca-parar-producao-se-governo-nao-pagar-programas-de-defesa)

Reuters ( www.reuters.com/article/2015/04/30/embraer-defense-idUSE6N0W601120150430 )

Imagens – Primeiro voo do KC390 em 03/02/2015, oferecidas pela Embraer a imprensa logo após o voo.

 

Por Aeroflap – Pedro Viana:

Ao governo, muito obrigado por deixar de pagar a própria indústria que sustenta o nosso país, ainda mais uma excelente como a Embraer.  Obrigado por ao invés de encolher a máquina pública e a roubalheira, preferir jogar a conta em cima do povo e dos empresários que sustentam a economia.  Muito obrigado também por cortar 33% das verbas das federais e ainda criar ameaça de greve, vocês não sabem o quanto minha federal sofreu com esse corte desplanejado de última hora.  Muito obrigado também por querer discursar todo santo dia proferindo abobrinhas em plena tv aberta, fazendo dessa péssima forma o dólar atingir níveis digno de países que não tem moeda reconhecida.  Muito obrigado também pelo excelente transporte público, enquanto os japoneses pensam em fazer 280km em 40 minutos de trem vocês fazem a Mafersa inicialmente falir, para depois me colocar 1 hora e meia em um ônibus (mentira, aquilo é um caminhão com baú e molas tipo feixe mais duras que chumbo) pra rodar 30km, isso 4 vezes ao dia.

Obrigado também por fazer uma inovação de lançar um satélite com prazo de vida curto (como todo satélite é), e não se atentando para isso deixam pra criar um programa com o dinheiro em órbita, perdendo assim dinheiro por dia não trabalhado e por imagens não coletadas (que inteligência, aprendemos na universidade que o primeiro engenheiro que fazer isso está demitido).

Então minhas considerações de muito obrigado a vocês, sendo assim está ótimo. 

E  lá vamos nós de novo, não deu pra acreditar que um dia o An178 passaria na nossa frente.

About the author

Pedro Viana

Pedro Viana

Acadêmico de Engenharia Aerospacial - Editor de foto e vídeo - Fotógrafo - Aeroflap

Newsletter

[newsletter_signup_form id=1]

Facebook

Em busca de hotel?


Share This