A Embraer relatou que obteve lucro total em 2016 de R$ 585,4 milhões, com o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização de R$ 1,258 bilhão. Juntamente a fabricante apresentou um lucro altíssimo no 4º trimestre, de R$ 648,3 milhões, cerca de 52,2% a mais do que em 2015, uma reviravolta considerando o 3º trimestre da empresa em 2016.

Em janeiro a Embraer também apresentou bons números nas entregas de 2016, com 108 aeronaves comerciais e 117 aeronaves executivas (73 jatos leves e 44 grandes) entregues no ano. Esse valor é de acordo com a estimativa da companhia para o ano de 2016.

Somente no quarto trimestre de 2016 a Embraer entregou 32 jatos para o mercado de aviação comercial e 43 para o de aviação executiva, sendo 25 jatos leves (Linha Phenom) e 18 jatos grandes (Linha Legacy e Lineage). A Embraer entregou 90 aeronaves E175, 11 do E190 e 7 do maior E-Jet E195. Esse número de entregas totais em 2016 também é a maior dos últimos seis anos, a empresa finalizou 2016 com 450 encomendas que aguardam entrega na aviação comercial, sua carteira de pedidos vale US$ 19,6 bilhões atualmente.

A Embraer ainda planeja obter um lucro de 8 a 9% em cima da receita líquida projetada de US$ 5,7 a 6,1 bilhões para 2017. 

This post is available in: pt-brPortuguês