Uma empresa de leasing de aeronaves, a Aerolease de Miami, declarou que está planejando fazer uma encomenda para os jatos Mitsubishi MRJ70, a menor versão disponível para a família MRJ.

O interesse da empresa seria utilizar as 10 opções de compra, de um contrato anterior, para comprar o MRJ70. Vale lembrar que a mesma empresa já tinha encomendado 10 aviões MRJ90 em 2016, com essas opções de compra já citadas.

Talvez essa seja uma manobra da Mitsubishi, que está divulgando amplamente as vantagens do MRJ70 para os incentivos às companhias regionais dos Estados Unidos, visto que a aeronave de nova geração é a única que se enquadra nos limites atuais de peso máximo de decolagem.

A Aerolease quer garantir que tenha a aeronave para entregar caso as companhias necessitem desse tipo de avião, no futuro.

O MRJ 70 tem capacidade para 69 passageiros em duas classes, na configuração típica da Mitsubishi, já o MRJ 90 tem capacidade para 76 passageiros na mesma situação, porém não se encaixa nos limites do incentivo à aviação regional dos EUA.

Enquanto isso a Mitsubishi continua com seus planos para certificar o MRJ 70 em 2021, autorizando o início dos voos comerciais com essa aeronave. A meta é entrar em serviço junto com o E175-E2 da Embraer.

This post is available in: pt-brPortuguês