As primeiras atividades operacionais da Esquadrilha da Fumaça em 2017 já estão acontecendo com os voos de readaptação dos pilotos, em que cada aviador faz uma média de sete voos. A readaptação é composta por exercícios básicos na aeronave, voos por instrumentos, seguidos de manobras feitas paulatinamente, culminando com o treinamento completo de demonstração com sete aviões. Essa etapa deve ser concluída na primeira quinzena de fevereiro.

Ainda em janeiro, o piloto recém-admitido ao Esquadrão, Capitão Aviador Pedro Augusto Esteves, novo #5 (Ala Esquerda Externa), realizou seu primeiro voo com a Esquadrilha da Fumaça. Ele também participa de algumas fases da readaptação e, após realizará o curso de Piloto Operacional de Demonstração Aérea.

 

A agenda de demonstrações de 2017 ainda está em definição, mas o público pode saber mais sobre o trabalho da Esquadrilha no site e também por meio de programas que tiveram a unidade aérea como tema.

Gravadas no final de 2016, três produções feitas com a Esquadrilha da Fumaça foram exibidas durante o período de férias do esquadrão. Com o tema “presença feminina na manutenção de aeronaves”, a TV Aparecida produziu reportagem em que apresentou as quatro mulheres que fazem parte do grupo atual da Fumaça, formado por 71 integrantes.

Durante esse período de treinamento a Esquadrilha da Fumaça está publicando alguns vídeos em suas redes sociais, você pode conferir um deles abaixo:

 

 

Via – Força Aérea Brasileira

COMPARTILHAR