Foto - Matteo Buono/Via Eurowings

Na contramão do mercado Low Cost, a Eurowings apresentou o primeiro Airbus A340 da sua frota, um quadrimotor que está sendo extensivamente aposentado pelas companhias devido à ineficiência no gasto de combustível.

O Airbus A340-300 é proveniente da companhia mãe Lufthansa, e inicialmente fará voos para Viena, para a tripulação acostumar com o novo equipamento. Depois o avião será implementado em voos de longa distância da Eurowings, sempre focando no mercado Low Fare mesmo com suas “quatro classes” a bordo.



A Eurowings receberá no total seis desses aviões, a maioria fabricados perto de 2000, com 18 anos de idade. Mais dois serão repassados para a companhia neste ano.

Assim como os A330 da Eurowings, esse será operado como Brussels Airlines, porém com marca e padrão da Eurowings. No caso do A330 ele é operado pela Sun Express, no total são sete deste modelo na frota. O único avião que a Eurowings opera por completo são os 52 A319 e os 58 A320 da sua frota.

A meta da Lufthansa é usar até suas subsidiárias para preencher um espaço vazio deixado pela Air Berlin, que cessou suas operações em outubro de 2017 e vendeu até mesmo alguns aviões para o Grupo Lufthansa.