A Força Aérea Brasileira (FAB) abriu um processo seletivo de nível médio para o preenchimento de 21 vagas para exercer atividades de controlador de tráfego aéreo de torre de controle de aeródromos (TWR).

As vagas são para os Destacamentos de Controle do Espaço Aéreo (DTCEA) de Manaus (AM), Belém (PA), São Luís (MA) e Confins (MG).



Todo o processo será divulgado por meio de um Aviso de Convocação a ser publicado no Diário Oficial da União, no Boletim do Comando da Aeronáutica e no site da FAB (www.fab.mil.br) com previsão a partir de 5 de fevereiro.

O objetivo do processo seletivo é atrair voluntários para prestação do Serviço Militar Temporário (até 8 anos), devidamente habilitados. Todos os participantes precisam atender às condições e às normas estabelecidas pela Aeronáutica.

De acordo com a Diretriz do Comando da Aeronáutica 11-45, a dinâmica de recrutamento deverá focar na estruturação de uma força de trabalho mista, com profissionais de carreira e temporários com domínio da língua inglesa para realizar comunicações neste idioma.

 

Requisitos

Devido à inexistência no mercado brasileiro de instituição de educação capacitada para a formação de pessoal técnico em controle de tráfego aéreo, com exceção das organizações da FAB, – Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR) e Instituto de Controle do Espaço Aéreo (ICEA) -, o Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA) definiu que convocará no meio civil profissionais com a formação técnica em informática, computação gráfica, informática para internet e rede de computadores para, após a incorporação, realizar curso de controlador de tráfego aéreo no ICEA.

Os candidatos deverão apresentar certificados ou diplomas desses cursos, expedidos por instituição credenciada pelo Conselho Nacional de Educação.

 

Convocação e Capacitação

O processo seletivo ocorrerá por meio de avaliação curricular realizada pela Diretoria do Administração do Pessoal (DIRAP). Inicialmente, será realizado um processo de convocação que visa a incorporação dos candidatos nas localidades dos Destacamentos. Em seguida, os candidatos passarão por avaliação da produção oral em língua inglesa realizada pelo DECEA.

Após o processo de convocação dos candidatos, todos serão classificados no Quadro de Sargentos da Reserva de 2ª Classe Convocados (QSCon), com previsão inicial para incorporação em 14 de maio de 2018.

A capacitação inclui as seguintes etapas: adaptação à atividade militar, curso de controlador de tráfego aéreo no ICEA (adaptação à atividade funcional) e estágio prático (aprimoramento funcional).

Segundo o Diretor-Geral do DECEA, Tenente-Brigadeiro do Ar Jeferson Domingues de Freitas, alinhado ao processo de Reestruturação da Força Aérea Brasileira, o DECEA está fazendo mudanças na estrutura administrativa, operacional e técnica.

“A Convocação de Voluntários para o Serviço Militar Temporário para função de controlador de tráfego aéreo faz parte dessas ações e tem a finalidade de contribuir para o investimento na área de recursos humanos. Essas medidas têm como propósito, também, atender as necessidades de pessoal e a valorização de nossos profissionais, que prestam um serviço de controle de tráfego aéreo com extrema segurança e eficiência”, pontuou o oficial-general.