Desde a última segunda feira (30/01), um avião C-130 Hércules da Força Aérea Brasileira está no Chile para atuar ao combate ao incêndio florestal que acontece no pais, levando a presidente, Michelle Bachelet, a decretar estado de emergência.

Até quarta-feira (01/02), foram 21 missões, cada uma lançando 11.400 litros de água, o que dá em torno de 239 mil litros de água. Segundo o comandante do esquadrão envolvido na ajuda, o Primeiro Grupo de Transporte de Tropa (1º GTT), Tenente-Coronel Marcelo da Silva Ribeiro, a atividade segue durante esta quinta-feira dia (02/2) .

Além do fato de os focos de incêndio estarem próximos a áreas habitadas, a tripulação encontra outras dificuldades. “A região onde estamos atuando possui muitos montes e pássaros, além disso, a fumaça está bastante densa. Como operamos em locais próximos a residências, o lançamento necessita de precisão apurada”, afirma o piloto.

A aeronave que atua no Chile está equipada com um módulo aerotransportável de combate a incêndio em voo, que realiza o lançamento dos 11.400 litros de água por meio de pressão pneumática. Não é a primeira vez que um C-130 da FAB é usado para esse tipo de missão, em 2011 FAB usou aeronave  para combater incêndios na região de Brasília- DF.

COMPARTILHAR