A fabricante Bombardier e a empresa aérea regional irlandesa CityJet finalizaram um acordo de compra condicional para seis CRJ900 e mais quatro opções de compra, que foi previamente anunciado em 24 de janeiro. De acordo com o fabricante canadense, a ordem firme é avaliada em 280 milhões de dólares com base nos preços de tabela e pode aumentar para US$ 467 milhões, se todas as opções forem cumpridas.

Após a entrega, a aeronave operará sob wet-lease na rede Scandinavian Airlines (SAS). A CityJet adquiriu a controlada regional dinamarquesa SAS Cimber em 31 de janeiro. De acordo com o presidente executico da CityJet o CRJ 900 mostrou ser notável e operacional e aguarda ansiosamente a entrega de 10 aeronaves, como anunciado no acordo.

Atualmente, a CityJet possui uma frota de oito aeronaves CRJ900, que estão em serviço de wet-lease com a SAS. A companhia aérea também receberá quatro novos CRJ900 no início de 2017 de acordo com o anúncio da ordem da Bombardier, assim a frota de CRJ900 da CityJet sobe para 12 aeronaves desse tipo.

Como parte de sua aquisição da Cimber, a CityJet operará a frota da Cimber de 11 CRJ900s também no serviço wet-lease com a SAS. De acordo com a fabricante canadense essas aeronaves serão substituídas por 10 CRJ900 que foram encomendados no acordo com a Bombardier. 

COMPARTILHAR