A GOL já tem “em mente” quais serão os primeiros voos para os Estados Unidos com o Boeing 737 MAX 8. Depois de demonstrar que seria impossível realizar voos sem escalas partindo de Guarulhos com o 737 MAX, a companhia agora aposta em voos partindo de Brasília, um local que já é hub da companhia e atende a capacidade de fazer voos sem escalas para Miami e Orlando.

Os novos voos de Brasília para Miami e Orlando estão listados na tabela a seguir, e também foram apresentados pela companhia durante a “Convenção 2018” realizada recentemente com a presença de executivos da companhia.

VooDeParaPartidaChegadaFrequência
G3?Brasília (BSB)Orlando (MCO)10:1016:25Diariamente
G3?Orlando (MCO)Brasília (BSB)21:5007:50 (+1)Diariamente
G3?Fortaleza (FOR)Orlando (MCO)08:45
14:50
Diariamente
G3?Orlando (MCO)Fortaleza (FOR)21:05
06:45 (+1)
Diariamente
      
G3?Brasília (BSB)Miami (MIA)10:1015:55Diariamente
G3?Miami (MIA)Brasília (BSB)22:2007:50 (+1)Diariamente
G3?Fortaleza (FOR)Miami (MIA)08:45
14:20
Diariamente
G3?Miami (MIA)Fortaleza (FOR)21:35
06:45 (+1)
Diariamente

 

Os primeiros 737 MAX 8 da GOL chegarão a partir de junho de 2018, porém só em novembro, com uma frota maior dessas aeronaves a GOL poderá iniciar seus voos sem escalas, que também precisam de um processo de “validação” para cumprir essas rotas.

De acordo com o site Transponder 1200 a GOL espera fechar 2018 com 6 aviões 737 MAX 8 em sua frota, e já iniciar os voos sem escalas de Brasília para Orlando em novembro, com a rota Brasília – Miami sendo inaugurada em janeiro de 2019.

Para melhorar o hub em Brasília, a GOL ainda pode alterar os horários de alguns voos para encaixar com a conexão internacional para os EUA, visando o menor tempo possível para a conexão.

Ainda não está claro se a GOL planeja usar Fortaleza como Hub, aproveitando o apoio de voos domésticos aos voos para a Europa em parceria com a Air France-KLM, para também lançar novas rotas rumo aos Estados Unidos.

Os 737 MAX da GOL serão configurados com 186 assentos da Recaro, e isso não significa uma diminuição no espaço, visto que o interior do 737 MAX foi re-planejado para transportar até 199 passageiros, o 737 NG só leva até 189. Com o menor consumo e maior disponibilidade de assentos, a GOL também conseguirá oferecer uma tarifa baixa para esses voos. O novo 737 MAX 8 tem cerca de 1000 km a mais de autonomia (comparando com o 737-800), permitindo voos de até 6500 km sem contar as reservas.

 

Via – Transponder 1200

 

Nota – Ainda é uma previsão de horários. Nada fixo.

This post is available in: pt-brPortuguês