Aeroportos News

Grupo NHA assume participação da Odebrecht no Aeroporto do Galeão

Foto - Divulgação / RIOgaleão

O grupo NHA, tendo como líder a companhia Hainan Airlines, já é conhecido aqui no Brasil por investir uma enorme quantia na Azul Linhas Aéreas. Porém em meio à complicação política do país o grupo Odebrecht Transport precisou vender a sua participação no Aeroporto do Galeão para abater dívidas geradas pelo investimento contínuo no aeroporto.

E nesta semana a HNA Infrastructure pagou 60 milhões de reais para obter 31% de participação no consórcio do Aeroporto RIOgaleão, o consórcio é formado pela Changi Airports, que tem 20% do conglomerado, e também pela Infraero, que detém o resto da participação.

Além de comprar a participação da Odebrecht, a HNA terá a missão de investir 620 milhões de dólares no terminal até o final da concessão, além de colaborar nas parcelas anuais da outorga, que tem valor total de 19 bilhões de reais.

Vale ressaltar que a Odebrecht foi a responsável por inaugurar o Terminal 1 do Aeroporto do Galeão, na década de 1970, visto que o local foi construído pela empresa. Além da Azul e do Galeão, o grupo HNA também administra as empresas Swiss Airport e Dufry, todas no ramo da aviação.

Para abater suas dívidas e a falta de financiamento do BNDES para novas obras, o grupo Odebrecht planeja vender 12 bilhões de reais em ativos, e assim conseguir chegar a um equilíbrio do setor financeiro.

About the author

Redação Aeroflap

Redação Aeroflap

Newsletter

[newsletter_signup_form id=1]

Facebook

Em busca de hotel?


Share This