Aeronaves Não categorizado News

Honeywell fará os novos aviônicos do Ejet E2

O Embraer EJET E2, a nova geração dos Ejets que estreará em 2018, irá receber os novos aviônicos que a Honeywell já está preparando, entre as novidades do sistema do novo Ejet em relação ao antigo está a representação em 3D do terreno, obstáculos e pistas além de uma nova forma de abordagem da informação situacional da aeronave, tudo isso combinado em um cockpit com visual totalmente clean e 4 enormes “monitores” de 14,1 polegadas com tecnologia LCD.

031101CV103.tif

O Ejet também estreará a próxima geração de FMS (Computador de voo, semelhante ao FMC que a Boeing usa), esse novo sistema da Honeywell já foi testando no Gulfstream G650 e no Boeing 747-8, entre as inovações está um sistema de datalink em que pode ser escolhida uma opção ao invés de ter que inserir toda hora manualmente, além de ser otimizado no perfil de custos, para tentar fazer o voo o mais econômico possível, incluindo potência necessária e níveis de cruzeiro, e nos perfis de descida da aeronave.

Além disso, assim como a geração atual, a nova contará com 2 Head Up para aumentar ainda mais a visão sintética dos instrumentos e do voo. A Honeywell também tem desenvolvido um ajudante de taxiamento para calcular o melhor caminho para o final da pista, incluindo restrições de NOTAM , e traçar o caminho no mapa 2-D do aeroporto . O E2 também virá com ADS-B “em” aviônicos, ou seja, a aeronave receberá posição e informações de aeronaves nas proximidades e veículos equipados, dados que pode ser usado para atualizações de tráfego em tempo real de todo o aeroporto.

Marc Herdegen, diretor de marketing e gerenciamento de produto da visão sintética e sistemas de aviso de proximidade do solo melhoradas, diz qu o cliente revelou algumas “necessidades específicas” das regionais, incluindo que os pilotos são muitas vezes bastante novos. “Nós estamos tentando incorporar ferramentas de percepção situacional que os ajudem a operar de forma mais segura e eficiente”, diz Herdegen.”Visão sintética ajuda com isso.” Ele observa que o SmartLanding e SmartRunway, também a bordo do E2, são igualmente úteis. SmartRunway é um pacote de software que inclui Honeywell de consciência da pista e sistema de aconselhamento (RAAS). A RAAS envia alertas quando uma aeronave está decolando ou pousando em um taxiway ou uma pista que é muito curta (como Santos Dumont – RJ). Já a SmartLanding tem os modos aéreas e no solo, com o modo de solo incluindo restantes textos explicativos distância pista. O modo de atmosfera tem um monitor de aproximação estabilizada (SAM) e monitor de longo pouso.O  SAM limita em  faixas específicas, estabilizado em pouso para baixo, pousando com regras definidas, em glideslope, dentro dos limites de velocidade, a velocidade vertical inferior a 1000 fpm-e automaticamente emite avisos se critérios pré-estabelecidos não forem atendidas.

About the author

Pedro Viana

Pedro Viana

Acadêmico de Engenharia Aerospacial - Editor de foto e vídeo - Fotógrafo - Aeroflap

Newsletter

[newsletter_signup_form id=1]

Facebook

Em busca de hotel?


Share This