Durante o IBAS (International Brazil Air Show), no dia 29 de março, o IBA (Instituto Brasileiro de Aviação), por meio de um seminário, apresentou um quadro que demonstra uma queda de 11% nas operações em 2016.

Segundo informações do IBA a frota da aviação civil que compõe da aviação geral, experimental e comercial obteve um crescimento mínimo de 0,1% no ano passado, resultando um total de 21895 unidades.

No ano de 2015 a frota de aeronaves da aviação comercial era de 727, esse número diminuiu para 686 no ano de 2016, o que representa uma queda de 6%. Porém houve um crescimento na frota das aeronaves comerciais, de 5814 em 2015 e 5867 em 2016. A aviação geral obteve apenas um leve crescimento de passando dos 15326 em 2015 para 15342 no ano de 2016.

O dado de maior relevância apresentado no seminário durante o evento IBAS foi à queda na movimentação da aviação civil que sofreu uma redução de 11% em 2016. Na aviação comercial passou de 2,02 milhões em 2015 caindo para 1,80 milhão em 2016, os dados também diminuíram na aviação geral e comercial que passou de 563 milhões em 2015 para 500 mil em 2016.

As informações relevantes ao Anuário Brasileiro de Aviação Civil estão disponíveis em formato imprenso e online no site do Instituto (www.institutoaviacao.org).

This post is available in: pt-brPortuguês