Desde o final de janeiro, os Centros de Gerenciamento Aeroportuário (CGA), de Operações Aeroportuárias (COA) e de Operações de Emergência (COE) do Aeroporto Internacional de Curitiba/São José dos Pinhais – Afonso Pena (PR) contam com novas instalações.

O espaço, de aproximadamente 547 m², é dividido em ambientes destinados a autoridades aeroportuárias, empresas aéreas, além da própria Infraero, localizados dentro de um Centro de Comando e Controle (CCC), com salas para gerenciamento de crise, decisão, negociadores, apoio e arquivo. Atualmente, trabalham nesse centro 48 pessoas, que cuidam para que as operações cotidianas e também situações de emergência do aeroporto sejam equacionadas com eficiência e fluidez.

O CGA de Curitiba conta em sua infraestrutura com monitores de TV e computadores com rede, contemplando cada empresa aérea e órgão público que operam no aeroporto. Os sistemas de monitoramento que operam no aeroporto incluem o STVV (sigla para Sistemas de Televisão de Vigilância), composto pelo aparato de vigilância por meio de câmeras e monitores do sítio aeroportuário, e o EVOP, sistema de disponibilização de avisos e consulta de notificações sobre alterações de fluxo operacional.

A coordenadora do CGA, Flávia Polidoro, comemorou as novas instalações. “Com as novas instalações, a eficiência operacional de nossos processos será ainda maior. A equipe continuará realizando os monitoramentos em tempo real e buscando a excelência na prestação de serviços e no atendimento de qualidade aos passageiros do aeroporto, e de forma cada vez mais integrada”, comentou.

“O ambiente ficou maior e mais agradável. Além disso, o novo espaço tem posicionamento estratégico que permite visão ampla do novo pátio de aeronaves”, pontuou por sua vez Gabriel da Silva Ferraz, agente de aeroporto da LATAM.

 

Via – Infraero

COMPARTILHAR