O Terminal de Logística de Carga (Teca) do Aeroporto Internacional de Manaus/Eduardo Gomes (AM) registrou, no primeiro semestre deste ano, o maior aumento bruto na tonelagem de cargas movimentadas em um complexo logístico administrado pela Infraero. De janeiro a junho, o Teca manauara movimentou nas áreas de importação e exportação 15.449,3 toneladas (t), 3.688,2 t acima das 11.761,1 t processadas no primeiro semestre de 2016. O crescimento representa um incremento da ordem de 31%.

Além de registrar o maior crescimento bruto, o Teca de Manaus foi o mais movimentado dos complexos da Infraero no primeiro semestre de 2017, representando cerca de 26% de participação do total movimentado na Rede Teca. O maior crescimento em Manaus foi registrado na importação de cargas, que teve um aumento de 32,4%. De janeiro a junho, foram movimentadas 14.038,4 toneladas em 2017, contra 10.597 no mesmo período do ano anterior. Os principais itens movimentados nesse período foram componentes eletrônicos, produtos farmacêuticos, partes e peças de moto, metais e artigos de decoração.

Em relação à movimentação de cargas com saída para o exterior, foi processado um total de 1.508 t entre janeiro e junho de 2017, um aumento de cerca de 21% em relação ao mesmo período do ano anterior, quando foram registradas 1.164,1 t. O que motivou o aumento das exportações nesse ano foram o envio de máquinas das empresas (ativo) para conserto ou transferência de filiais, e a movimentação de produtos específicos de maquinário e mineração, com destaque para exportadores como RobertShaw Soluções de Control, Procter & Gamble do Brasil S/A, Mineração Taboca S/A – Produtos de Mineração e Cal-Comp Indústria e Comércio.

“Esse resultado se deve principalmente ao trabalho do time de prospecção e fidelização do Teca”, avalia o superintendente do terminal, Abibe Ferreira Júnior. De acordo com o superintendente, foram realizadas 65 visitas de aproximação a clientes potenciais e 18 novas fidelizações para o complexo logístico manauara. “O nosso cuidado com os clientes, somado à qualidade dos nossos serviços, tem atraído novos e bons negócios, o que tem trazido bons resultados ao Teca de Manaus”, acrescenta.

COMPARTILHAR