fullscreen-wci
Foto – Mitsubishi Aircraft

A Mitsubishi Aircraft anunciou que após realizar as devidas atualizações em seu protótipo, voltou a fazer voos de teste com o MRJ. A aeronave realizou seu quarto voo após receber os upgrades de projeto, que alteraram a estrutura da aeronave e o software de voo, até a Mitsubishi identificar os pontos que deveriam ser alterados, o MRJ cumpriu 3 voos de teste.

O MRJ  teve alterações no seu primeiro protótipo para fortalecer as raízes das asas e a fuselagem no centro da aeronave, após ter realizado testes estruturais antes do primeiro vôo da aeronave em novembro passado. Então a Mitsubishi Aircraft decidiu por reforçar com placas adicionais as seções de aeronave, acrescentando um pouco mais de peso com a aeronave vazia. O software foi otimizado para as condições de voo apresentadas em seus 3 testes que realizou no mês de novembro, antes da fabricante determinar a pausa temporariamente dos voos de teste.

Recentemente Mitsubishi declarou que estaria adiando a primeira entrega em pelo menos 6 meses, antes programado para 2017, agora só será recebido pela ANA em 2018. O acréscimo de peso também reduziu a capacidade padrão de assentos do MRJ.

Até o momento a Mitsubishi recebeu 223 encomendas para o MRJ, com 184 opções de compra. Só no programa de testes serão utilizada 5 aeronaves para alcançar 2500 horas de voo no espaço de 2 a 3 anos.

COMPARTILHAR