A KLM alterou recentemente seu serviço de bordo em voos internacionais operados para o Brasil para conseguir adequar ao gosto do brasileiro. Os novos pratos foram criados pelo Chef Brasileiro Rodrigo Oliveira, para buscar mais um toque de regionalidade na comida que é servida a bordo dos voos da KLM.

A parceria, que já está em seu terceiro ano, tem ciclos de três meses para cada cardápio, com opções que trazem o melhor da culinária nacional, tanto na World Business Class quanto na Economy Class. De agosto a outubro de 2017 serão oferecidas três opções na classe executiva e duas na econômica, que farão com que os passageiros fiquem por mais tempo com o gostinho do Brasil antes de desembarcar em Amsterdã.

Confira o menu:

BUSINESS CLASS

JANTAR

Salada: Mix de folhas especiais, caju cozido no vapor, queijo coalho laminado, castanha de caju torrada e coentro.

Entrada: Abobrinha laminada, queijo de cabra, manjericão, vinagrete de abóbora.

Sopa: Creme de abóbora com gengibre.

Pratos Quentes
Opção 1: Carne de sol grelhada e fatiada com vinagrete de feijão fradinho e inhame em cubos.
Opção 2: File de salmão chapeado ao molho de moqueca, mix de arroz, cebolinha, farofa de castanha e coco queimado
Opção 3: Nhoque de batata com ragu de beringela, semente de abóbora torrada, cebolinha e tomate cereja.

Sobremesa: Cocada mole, mix de castanha e coco Ou Panqueca doce de mandioca, melaço de cana

CAFÉ DA MANHÃ
Opção 1: Omelete com requeijão, espinafre fresco salteado c/ milho e tomate cereja.
Opção 2: Panqueca doce de mandioca, melaço de cana.

 

ECONOMY CLASS

JANTAR:

Salada: Alface crespa, queijo parmesão, tomate, vinagrete de erva doce e erva doce fresca fatiada

Pratos Quentes
Opção 1: Gratinado de mandioca, frango e queijo, ratatouille e tomate cereja.
Opção 2: Moqueca de peixe, arroz branco cozido, pirão de peixe e castanha de caju picada.

Sobremesa: Bolo de mandioca, cocada mole, mix de castanha e coco.

CAFÉ DA MANHÃ:
Muffin de coco, frutas frescas da estação, bolo de mandioca, peito de peru e queijo com molho de tomate.

 

E, junto com o gostinho do Brasil, a KLM também antecipa um gostinho da Holanda nos vinhos servidos a bordo. Até setembro, os passageiros da World Business Class terão a possibilidade de degustar cinco vinhos especiais. Cada um deles conterá em seus rótulos reproduções de pinturas dos artistas mais famosos da Era de Ouro da Holanda e que estão expostas no Amsterdam Rijksmuseum, um dos pontos turísticos mais importantes da Europa e o museu de arte histórica líder de toda Holanda. Legal, né?

Entre as pinturas estão “A Leiteira”, de Johannes Vermeer, e “Os Síndicos da Guilda dos Fabricantes de Tecidos”, de Rembrandt. E os vinhos em si? Vêm de vinícolas reconhecidas, como Boschendal (África do Sul) e Lapostolle (Chile). Saiba mais sobre os vinhos nesse vídeo. Com esses rótulos de vinhos exclusivos, a KLM espera aguçar o apetite de seus passageiros pela cultura holandesa e encorajá-los a visitar o Rijksmuseum, do qual a companhia é parceira no transporte de obras, onde podem se maravilhar com as pinturas originais.

A KLM opera 13 frequências semanais partindo de São Paulo (7 voos semanais) e Rio de Janeiro (6 voos semanais) direto para o Aeroporto Schiphol, em Amsterdã.

COMPARTILHAR