O Grupo LATAM Airlines (“LATAM”) realizou hoje o seu voo inaugural entre Santiago, no Chile, e Melbourne, na Austrália, tornando-se a única companhia aérea a unir sem escalas a América Latina com o novo destino.

O trecho de ida entre Santiago e Melbourne tem mais de 11 mil quilômetros de distância e o voo terá duração de 15 horas – o mais longo da história da LATAM. A companhia vai operar a rota entre as duas cidades 3 vezes por semana.



“Estamos muito orgulhosos de sermos a única companhia a unir sem escalas a América Latina com Melbourne. Esta nova rota abrirá novas oportunidades para que mais passageiros da Oceania e da Ásia visitem nossa região e estreitar os laços entre a América Latina e os dois continentes. Com o voo para Melbourne, a LATAM não apenas reforça seu compromisso com a Austrália, como segue oferecendo a melhor conectividade internacional desde a América Latina e a mais ampla rede de destinos da região”, comentou Enrique Cueto, CEO do Grupo LATAM Airlines.

“Seguimos fortalecendo nossa malha aérea e, até o fim de 2017, voaremos por 13 novas rotas, ampliando principalmente a conectividade entre os países da região”, acrescentou o executivo.

Foto – LATAM/Divulgação

“A Austrália e o Chile têm muito em comum. Nossos países compartilham muitas das mesmas oportunidades e dos mesmos desafios e há muito que podem fazer em conjunto. Os voos diretos entre Santiago e Melbourne ajudarão a fortalecer nossa cooperação e os vínculos existentes entre nossos negócios, universidades e comunidades”, afirmou Robert Ferguson, Embaixador da Austrália no Chile.

“Graças a esta nova rota direta da LATAM Airlines entre Santiago e Melbourne, nossa gente nunca esteve tão próxima. Este marco também abre nossa região para a Ásia e a América Latina, trazendo ainda mais oportunidades para expandir nossa relação de amizade e explorar novas possibilidades de negócios e de intercâmbio. Também por isso, para aproximar nossos povos, é que o governo de Victoria estabeleceu recentemente a primeira Oficina Latino-americana de Comércio e Investimento em Santiago, no Chile”, disse Phillip Dalidakis, Ministro de Empresas, Inovação e Comércio do Governo do Estado de Victoria, na Austrália.

A LATAM opera atualmente sete voos semanais de Santiago para Sydney (via Auckland, na Nova Zelândia). Desde 2015, o voo é feito a bordo de um Boeing 787-9, o que ampliou a oferta na rota em 27%.

Todos os anos, a LATAM transporta aproximadamente 190 mil passageiros entre a América Latina e a Oceania. Com este voo, a companhia estima transportar mais 77 mil passageiros adicionar anualmente entre os continentes.

Os Voos

Foto – LATAM/Divulgação

A partir de hoje, o voo LA805 do Grupo LATAM Airlines partirá de Santiago (SCL) às 13h30 (hora local) todas as segundas-feiras, quintas-feiras e sábados, chegando a Melbourne (MEL) às 18h40 (hora local) do dia seguinte, em uma viagem de 15 horas e 10 minutos*.

Já o voo de regresso será o LA804, que sairá de Melbourne às 20h40 (hora local) às terças-feiras, sextas-feiras e domingos, chegando a Santiago às 19h55 do mesmo dia (hora local), com uma duração de 13 horas e 15 minutos.

O voo será operado por um Boeing 787-9 da LATAM. A aeronave conta com 220 assentos em classe Economy, 54 assentos Espaço+ e 30 poltronas na classe Premium Business, que reclinam em 180º. Todos os assentos contam com um sistema de entretenimento de bordo digital com tecnologia touchscreen e uma ampla seleção de filmes, séries músicas e jogos.

Os passageiros que voam em Premium Business poderão desfrutar de serviços adicionais no aeroporto como acesso e embarque prioritários, assim como um novo menu e carta de vinhos a bordo com produtos latino-americanos.