O grupo Latam está realizando um estudo para definir passos para uma operação doméstica no Brasil obedecendo ao modelo Low-Cost. Através de uma conferência telefônica com analistas de mercado e funcionários do alto escalão da Latam, foi afirmado que alguns serviços como serviço de bordo gratuito (alimentação), escolha de assentos sem pagar e entre outros, seriam cortados da companhia aérea.

A Latam busca uma ligeira recuperação de receita, com alta dos lucros para todo o grupo, porém esse novo conceito irá contrapor com um sistema já amplamente conhecido através da Ryanair e Southwest. De acordo com a companhia aérea o preço final da passagem poderia diminuir por conta do menor custo de operação, porém a nova filosofia aliada a uma marca nova não conhecida teria que ser superada pelos clientes, e também pela equipe de marketing do grupo Latam.

Em contrapartida, entre os novos serviços da Latam está o “LATAM Entertainment“, que utiliza o smartphone dos usuários para oferecer um amplo serviço de filmes, séries e músicas.

“A Latam está trabalhando agora a fim de transformar nossas operações domésticas, tanto em nossos mercados hispânicos, quanto no Brasil, com o objetivo de aumentar a eficiência e reduzir os custos de uma maneira mais agressiva”, disse a diretora de Relação do Grupo Latam, Gisela Escobar.

Fonte – M&E

COMPARTILHAR