A Lion Air finalizou a sua encomenda para 50 aviões Boeing 737 MAX 10, assinando um contrato com preço cotado em US$ 6,24 bilhões, sem considerar os descontos aplicados pela fabricante.

A intenção de compra foi anunciada em junho de 2017, pouco depois do lançamento do 737 MAX 10.



A Lion Air ainda tem 201 encomendas para a família 737 MAX, além disso a companhia foi a primeira que operou comercialmente uma aeronave da família 737 MAX, o 737 MAX 8, com ajuda da sua subsidiária Malindo Air. A companhia também se comprometeu em ser cliente de lançamento do 737 MAX 9.

O Grupo Lion Air foi responsável pela primeira entrega do 737 MAX 8 e MAX 9 para uma companhia aérea.

O Boeing 737 MAX 10 tem cerca de 10 assentos a mais do que a variante 737 MAX 9, suportando até 230 passageiros, e melhores custos de operação por assento em comparação com o irmão menor.