A Real Força Aérea da Noruega testou paraquedas de frenagem no F-35A. O uso do paraquedas está sendo testando para a necessidade de uma rápida frenagem em pistas com gelos, o que é comum no país europeu. Os testes foram concluídos no último dia 16 de fevereiro, em Ørland, Noruega.

Somente a Noruega se interessou por testar e empregar o uso do paraquedas de frenagem. As outras nações que utilizam o caça de quinta geração, inclusive os EUA, não fizeram tais testes com o Lockheed Martin F-35A.

Nos EUA está havendo alguns testes com esse tipo de frenagem aerodinâmica, com objetivo de ter um bom desempenho de pouso em pistas molhadas e com gelo. Porém nos EUA os testes estão sendo realizados em uma aeronave AF-2, mas não em uma versão de série do F-35.

Aeronaves AF-1 e AF-2, protótipos do F-35A Lightning II.   Foto – USAF/David Drais

Atualmente a Real Força Aérea da Noruega tem três F-35A, ao longo desse ano de 2018 mais seis chegarão ao país. O prazo estimado para a completar a frota de F-35 no país é até 2024.

Ainda de acordo com as autoridades norueguesas os testes com os paraquedas de frenagem, nos F-35, saíram melhor do que nos F-16 que também equipam a Força Aérea Norueguesa.

“Este é um grande passo para garantir que nossa nova aeronave de combate possa operar com segurança em condições climáticas extremas”, pondera o diretor geral do programa F-35 na Noruega, o General Morten Klever.

This post is available in: pt-brPortuguês