A Lufthansa apresentou uma oferta de compra para a Alitalia, apontando em seu “interesse em criar uma Nova Alitalia”. O grupo Lufthansa ofereceu 500 milhões de euros para adquirir a frota e os slots da Alitalia nos aeroportos.

O prazo para as ofertas, vinculativas, acaba às 18h (hora local) desta segunda-feira. O presidente da Lufthansa, Carsten Spohr, expressou interesse numa Alitalia “posicionada de forma diferente”, dizendo que a empresa não é economicamente viável no estado em que se encontra atualmente. Por isso, a alemã também estaria planejando demitir metade dos cerca de 12 mil funcionários da antiga estatal italiana.

O governo italiano considera a oferta radical demais em termos de corte de postos de trabalho e que recusou a oferta de desmembramento da empresa, já que quer vender o conjunto das operações da Alitalia.

O governo aumentou a dotação de 300 milhões de euros para “garantir a continuidade do transporte aéreo até a transferência de toda a empresa”, deixando mais tempo (até abril de 2018) para que negociem uma oferta menos desvantajosa com potenciais compradores.

This post is available in: pt-brPortuguês