Foto - US Navy

A Marinha dos EUA (U.S. Navy) enviou para o Pacífico Ocidental um porta-aviões embarcado de caças Lockheed Martin F-35 Lighting II.

O fato se torna interessante, pois diferente do habitual, os militares não informaram com antecedência o deslocamento do porta-aviões USS Essex para o local. O aviso foi dado só depois da partida do mesmo dos cais da Marinha em San Diego, Califórnia.

Alguns analistas do meio militar pensam que tal ação seja um “aviso” à Pequim de que os EUA podem estar por lá.

De certa maneira faz sentido os Estados Unidos se mostrarem presentes no Pacífico, pois ali o principal “concorrente” é a própria China, que cada vez mais desenvolve as questões bélicas do país e expande a sua atuação marítima.

No dia 26 de março de 2017 aconteceu o lançamento do primeiro porta-aviões totalmente fabricado no país da China, a embarcação se chama Type 001A.

Esse foi o primeiro porta-aviões foi totalmente fabricado na China, porém desde 2012 a China opera o Liaoning, um porta-aviões soviético que foi reformado e colocado em serviço na Marinha do Exército de Libertação Popular (Marinha Chinesa).

 

Via – Business Insider

This post is available in: pt-brPortuguês