Depois de bater um recorde de entregas de aeronaves comerciais, a Boeing divulgou seu resultado financeiro de 2017, e os números são animadores, apesar da queda de receita.

A empresa conseguiu um lucro operacional de US$ 10,2 bilhões, registrando uma alta de 76% em relação a 2016. O lucro líquido acompanhou a forte alta, só nesse dado a Boeing registrou US$ 8,1 bilhões.

A receita da empresa diminuiu 1%, registrando 93,4 bilhões. A empresa teve margem operacional de US $ 13,3 bilhões em 2017, um crescimento de 11%. 

A Boeing fechou o ano com 5864 aviões em sua carteira de pedidos a serem entregues, o que garante a produção por mais de 7 anos, mantendo a mesma taxa de entrega atual. Dessa forma somando US $ 488 bilhões em possível receita para o futuro.

O maior motivo para esses bons resultados foi o crescimento das entregas, aliado à reforma fiscal que diminuiu o imposto de renda de 35% para 21% para empresas com lucro maior que US$ 10 milhões. Além disso a Boeing fez várias mudanças nos últimos anos para diminuir seus custos de operação, como a simplificação da produção e diminuição drástica no número de funcionários e diretores.

 

Confira a tabela abaixo com os dados financeiros completos de 2017 (em inglês):

                       

Table 1. Summary Financial Results

 

Fourth Quarter

   

Full Year

  

(Dollars in Millions, except per share data)

 

2017

 

2016

 

Change

 

2017

 

2016

 

Change

             

Revenues

 

$25,368

 

$23,286

 

9%

 

$93,392

 

$94,571

 

(1)%

 
             

GAAP

            

Earnings From Operations

 

$3,030

 

$2,183

 

39%

 

$10,278

 

$5,834

 

76%

 

Operating Margin

 

11.9%

 

9.4%

 

2.5 Pts

 

11.0%

 

6.2%

 

4.8 Pts

 

Net Earnings

 

$3,132

 

$1,631

 

92%

 

$8,197

 

$4,895

 

67%

 

Earnings Per Share

 

$5.18

 

$2.59

 

100%

 

$13.43

 

$7.61

 

76%

 

Operating Cash Flow

 

$2,904

 

$2,832

 

3%

 

$13,344

 

$10,499

 

27%

 

Non-GAAP*

            

Core Operating Earnings

 

$2,676

 

$2,064

 

30%

 

$8,970

 

$5,464

 

64%

 

Core Operating Margin

 

10.5%

 

8.9%

 

1.6 Pts

 

9.6%

 

5.8%

 

3.8 Pts

 

Core Earnings Per Share

 

$4.80

 

$2.47

 

94%

 

$12.04

 

$7.24

 

66%

 
 

 

 

O ganho por ação sofreu a influência do lucro, passando de US$ 7,61 para US$ 13,43. 

A Boeing também aproveitou para recomprar 46,1 milhões de ações pelo valor de US$ 9,2 bilhões, e nesse período pagou US$ 3,4 bilhões em dividendos. A maior parte dessa compra foi realizada no quarto trimestre do ano, quando a Boeing registrou uma alta muito forte do lucro e das receitas.

Veja mais dados em www.boeing.mediaroom.com/2018-01-31-Boeing-Reports-Record-2017-Results-and-Provides-2018-Guidance .

A Boeing terminou 2017 com a seguinte composição de funcionários:

Divisão ComercialDivisão Militar e EspaçoDivisão de ServiçosDivisão Corporativa
59284355622034526131

 

Previsões para 2018

A Boeing prevê entregar 6 a 6,8% mais aeronaves em 2018, atingindo a marca de 815 aviões fabricados. Com isso a receita da empresa deverá aumentar para algo entre US$ 96,0 e US$ 98,0 bilhões.

Já a margem operacional será de US$ 15,0 bilhões em 2018. 

This post is available in: pt-brPortuguês