Militar News

Mídia russa informa que o PAK-T50 é capaz de destruir tudo o que voa

Foto - Marina Lystseva

O caça de 5º geração russo, PAK T-50 ganhou ainda mais qualificações segundo um site egípcio chamado Mobdata, segundo a publicação o T-50 é capaz de abater tudo o que pode voar, incluindo o Lockheed Martin F-35 Lighting II, de fabricação americana.

O T-50 é mais leve do que os concorrentes e necessita apenas de 350 metros de pista para alçar voo, afirma o site russo Rossiiskaya Gazeta. Outra característica do caça é sua velocidade supersônica podendo executar manobras na velocidade supersônica de 2100 km/h, além de alcançar velocidade supersônica sem uso de pós combustores, ou seja, ele tem capacidade de supercruise, assim como o F-22 e o Gripen NG. A altitude máxima é de 65000 pés.

Ainda nas qualificações divulgadas pelos sites, o T-50 tem as características dos caças russo da alta manobrabilidade, o que em um combate visual é de grande vantagem. Porém o caça de 5º geração russo também se integra à guerra moderna da mesma forma que os “rivais” norte-americanos, o PAK T-50 é stealth, ou seja, invisível aos radares.

Foto: © Sputinik/ Maxim Blinov

Em relação à autonomia o caça russo pode voar por cerca de 3,5 horas continuamente, o que se assemelha com outras aeronaves de fabricação russa. Ainda segundo informações dos sites, a capacidade de fogo do T-50 não é pequena, pode seguir cerca de 60 alvos simultaneamente, e localizar alvos inimigos a mais de 400 km.

Outra característica que está ligada ao modo Stealth é o armazenamento de armamentos internamente no avião, característica também dos caças norte-americanos F-22 Raptor e F-35.

 

Rússia receberá primeiros PAK T-50 em 2019

Foto – Sputnik/Aleksei Druzhinin

As notícias a respeito do caça mais moderno já fabricado pelo Rússia não acabam nas qualidades do caça informadas acima. Na semana passada o ministério de defesa russo anunciou que em 2019 as primeiras unidades do Sukhoi PAK T-50 chegarão às forças armadas do país. Além da aeronave de 5º geração no ano seguinte em 2020 chegarão os novos sistemas de defesa antiaérea S-500.

O primeiro do caça foi em 2010, porém o projeto do PAK FA desde a década de 90, na época além da Sukhoi a MiG também estava na concorrência para a construção do novo caça. Com a vitória da Sukhoi começou o desenvolvimento do caça com uma parceria da Índia de cerca de 50% na parte financeira além de trazer novos conhecimentos na área de TI.

 

Via – Sputnik

About the author

Redação Aeroflap

Redação Aeroflap

Newsletter

[newsletter_signup_form id=1]

Facebook

Em busca de hotel?


Share This