O ministro da Defesa, Aldo Rebelo, participa nesta terça-feira (05), às 9 horas, na Base Aérea de Brasília (Estação de Autoridades), da apresentação do KC-390, novo avião cargueiro projetado pela Força Aérea Brasileira (FAB).

O cargueiro está sendo fabricado pela Embraer, com a participação da Argentina, Portugal e República Tcheca. O contrato prevê a aquisição de 28 aeronaves, no valor de R$ 7,2 bilhões, gerando 8,5 mil empregos na fase de desenvolvimento.

O KC-390 é uma aeronave de transporte militar, preparada para realizar operação de evacuação, busca, resgate, combate a incêndio florestal. O cargueiro também pode ser usado para reabastecimento de helicópteros e caças de alto desempenho. O KC-390 será a espinha dorsal da aviação de transporte da Força Aérea Brasileira. Da Amazônia à Antártica, a frota de 28 aeronaves terá um papel fundamental para os mais diversos projetos do Estado brasileiro, da pesquisa científica à manutenção da soberania.

Com 35,20 metros de comprimento e capacidade para transportar até 26 toneladas de carga, o KC-390 é o maior avião já desenvolvido no Brasil. Mais de 50 empresas brasileiras participam do projeto.

A aeronave chegou na tarde do dia 03 em Brasília, e surpreendeu a todos os Spotters de Brasília, onde a aeronave pouso pela primeira vez em mais de 150 horas voadas até agora pelo primeiro protótipo. A Embraer afirma que o segundo protótipo destinado para voo já está próximo de voar pela primeira vez, após ser aprovado nos testes em solo.

COMPARTILHAR