O motor PurePower PW1100G-JM da Pratt & Whitney recebeu uma certificação ETOPS 180, que permite a aeronave voar por até 180 minutos em áreas sem aeroporto para alternar o voo, dentro de um raio 3 horas de qualquer outro aeroporto. Essa certificação foi emitida pela EASA, em dezembro de 2016 a Pratt & Whitney recebeu a mesma certificação da FAA, a Administração Federal de Aviação dos EUA.

Essa certificação permite que o A320neo ou qualquer aeronave da família, consiga operar voos transatlânticos, bem como em rotas onde não existe aeroportos.



A321neo equipado com motor P&W PW1100G. Foto – Airbus

 

“Este é um marco significante para a equipe da Pratt & Whitney e também para a família de motores PurePower. Esta classificação ETOPS de 180 minutos é o máximo exigido na classe do A320neo”, disse Chris Calio, presidente da Pratt & Whitney Commercial Engines.

A família de motores Pure Power da Pratt & Whitney possui mais de 80 clientes de mais de 30 países, ela equipa exclusivamente as aeronaves Bombardier CSeries, Embraer E-Jet E2 e Mitsubishi MRJ, na Airbus o motor PW1100G é oferecido junto com o motor Leap-1A da CFM, a companhia aérea pode escolher entre qualquer um dos dois motores.