A aviação está sendo novamente prejudicada na Venezuela por conta da grave crise que afeta o país. Os aviões de aviação geral civil e que fazem serviço agrícola estão encontrando sérias dificuldades por causa da falta de fornecimento de gasolina de aviação.

O Estado de Portuguesa é o mais afetado por esse desabastecimento de AVGAS, o fornecimento está suspenso desde o final de outubro e pode ir pelo menos até dezembro, de acordo com o Governo Venezuelano, mas a previsão é voltar à normalidade até o fim de novembro.

O AVGAS é o combustível principal para aviões com motores a pistão, muito comuns em pequenas aeronaves da aviação civil e em aviões agrícolas. 

Com esse mês de novembro sem atividades, as empresas também deixaram de pagar pilotos de quase 800 aeronaves.

De acordo com o governo da Venezuela, tal problema está sendo causado pela empresa de Petróleo de Venezuela S/A (PDVSA), que é responsável pelo refinamento do combustível. A causa não foi informada pela empresa, nem pelo Governo Venezuelano.

 

Via – Defesanet

COMPARTILHAR