A Boeing entregou hoje para a Norwegian duas aeronaves 737 MAX 8, os primeiros da companhia Norueguesa. A companhia também é a segunda que recebeu essa aeronave para compor a sua frota, a primeira entrega foi realizada em maio para a Malindo Air, operando nas cores da Batik Air.

“Estávamos aguardando ansiosamente a entrega do nosso Boeing 737 MAX, e estamos muito felizes em tê-lo na nossa frota hoje”, disse Bjørn Kjos, CEO da Noruega. A entrega da Norwegian estava programada para ocorrer no final de maio ou no início de junho, mas foi adiada devido à problemas em alguns motores CFM Leap-1B, levando a inspeção de todos os 737 MAX fabricados até então (veja mais clicando aqui).



Foto – Norwegian/Divulgação

Na frota da Norwegian essas aeronaves serão responsáveis pela realização de voos da companhia da Europa para os Estados Unidos, graças a maior autonomia, em comparação com o 737-800 NG. Permitindo voos direto da Irlanda para a costa leste dos EUA. A companhia já iniciou os voos, porém com algumas limitações por conta da capacidade oferecida pelo 737 NG.

O Boeing 737 MAX 8 da Norwegian tem 189 assentos, quase a capacidade máxima da aeronave. O grande destaque é o baixo preço dessas rotas, a Norwegian disse que é possível comercializar esses voos por apenas US$65, indo para até US$99 em voos de grande demanda. A Norwegian tem 108 encomendas para o 737 MAX 8, contabilizando todas as subsidiárias, os voos transatlânticos estão sendo operados pela Norwegian Air Shuttle.

Foto – Boeing/Divulgação

“Nós somos a primeira companhia aérea europeia a operar esta nova aeronave, e também somos a primeira que vamos operar ela para os Estados Unidos. Esta aeronave nos permite abrir novas rotas, e oferecer para os Europeus e Americanos preços ainda mais acessíveis nas rotas transatlânticas”, disse Bjørn Kjos.

Todos os dois aviões estão equipados com os motores CFM Leap-1B, além do Sky Interior. A Norwegian tem 110 encomendas para 0 737 MAX 8, atualmente ela atende 150 destinos na Europa, África do Norte, Oriente Médio, Tailândia, Caribe e EUA, com 500 voos diários. Sua frota é composta por mais de 100 aeronaves 737 NG e 12 aviões do modelo 787 Dreamliner.