Um fato inusitado aconteceu durante o Avalon Air Show em Melbourne, Austrália. Dois caças F-35 Join Strike Fighter, que iriam participar do evento aeronáutico, tiveram que adiar para o dia seguinte o voo.

Os caças eram uma das principais atrações do evento que recebe apoio do programa F-35, liderado pelos EUA.



Uma parte da frota de F-35 foram levados até a base de Luke, no Arizona pra serem utilizadas no curso de pilotos internacionais, oferecido pela USAF.

No ano de 2009, em novembro o governo australiano comprou 14 caças F-35A e também um segundo lote de 58 aeronaves em abril de 2014. Com isso três esquadrões serão equipados com os caças.

Além desses três esquadrões, um quarto pode receber 28 aeronaves e com isso aumentar para 100 caças F-35 na força aérea australiana, porém nada foi decido a respeito.