O Governo de Portugal autorizou hoje (27/07) a compra dos aviões Embraer KC-390 pela Força Aérea Portuguesa. No total serão 5 novas aeronaves KC-390 na frota da FAP, com opção para a compra de mais uma, além de um simulador full-motion Tipo D.

“Assim, reforçam-se as atuais capacidades de transporte aéreo, de busca e salvamento, evacuações sanitárias e apoio a cidadãos nacionais, nomeadamente entre o Continente e os Arquipélagos”, disse o comunicado oficial do Governo Português.

O Ministério da Defesa ainda fará até outubro um relatório para identificar os requisitos para a implementação do KC-390 na Força Aérea do país, a expectativa é que a FAP atinja a Capacidade Operacional Inicial do KC-390 até 2021, indicando também que a primeira entrega provavelmente será antes desse prazo.

Em Portugal os KC-390 farão as missões que atualmente são designadas para o C-130, conhecido também como Hércules. O KC-390 terá a capacidade de transportar cargas, combater incêndios, realizar serviço de SAR (Resgate Aéreo), além de servir como reabastecedor aéreo, através da sua função REVO.

As capacidades do cargueiro multifuncional da Embraer são inúmeras, como por exemplo, cumprir missões de busca e resgate, combate a incêndio, transporte aeromédico, transporte de tropas e blindados, conta com medida de auto-defesa como chaff, flares, dentre outras características. Porém Portugal é pacífico e está bem interessado na capacidade da aeronave para combater incêndios.

A Embraer tem uma linha de fabricação em Portugal, localizada em Évora e que inclusive entrega alguns componentes do KC-390. Portugal também auxilia a Embraer através das unidades da OGMA em Alverca. Essa encomenda já era prevista, visto que a Embraer tem um acordo de interesse do KC-390 com outros 30 países, e Portugal era chave por fabricar componentes da aeronave.

 

Apresentação em Portugal

Foto – Força Aérea Portuguesa/Reprodução

No dia 2 de julho o KC-390 participou do evento se apresentando para o público de Portugal pela primeira vez.

O KC-390 de prefixo “PT-ZNJ” foi escoltado por dois caças F-16 Fighting Falcon da Força Aérea Portuguesa, além da passagem com a escolta, o avião de transporte da Embraer fez um show solo, com curvas fechadas, e arremetidas.

Após a demonstração do avião da Embraer, a aeronave ficou em exposição estática por cerca de 4 horas, onde o público conseguiu conhecer de perto a nova aeronave de transporte da FAP.

COMPARTILHAR