A Qantas Airways decidiu atualizar o interior de 12 aviões da sua frota da linha Airbus A380, com finalidade de aumentar o número de assentos e diminuir o custo do mesmo por passageiro, possibilitando um lucro maior por voo.

Atualmente essas aeronaves têm uma configuração interna de 484 assentos, mas o número total não crescerá muito, depois de atualizados os A380 terão capacidade para 485.

No entanto as mudanças estruturais são focadas no convés superior, onde serão removidos 30 assentos da Classe Econômica, algumas divisórias e uma estação de trabalho da tripulação, conhecida também como galley. O motivo é possibilitar um uso mais eficaz do espaço.

Com isso a Qantas instalará no lugar seis assentos a mais na Business Class e 25 na Premium Economy, tudo isso no lugar daqueles assentos da Classe Econômica. Assim a companhia conseguirá lucrar mais por voo, com assentos de classe superior no lugar da Economy.

Com maior espaço disponível, visto que a galley de um A380 é bem grande, a Qantas conseguirá ainda aumentar o espaço no segundo andar, com maior distância entre os assentos na First e Business Class.

A companhia não vai alterar a primeira classe, que permanecerá com 14 assentos. As mudanças se concentrarão na Business Class, que receberá seis assentos a mais, totalizando 70 assentos, a Premium Economy passará de 35 assentos para 60 com essa mudança, com uma redução nos assentos da Classe Econômica, que passará de 371 para 341.

Não há um valor declarado de custo dessas mudanças, porém a Qantas já estipulou um prazo, a mudança deverá ser realizada entre 2019 a 2020.

 

This post is available in: pt-brPortuguês