A Qatar Airways realizou neste último sábado (24/02) o primeiro voo comercial do A350-1000, depois de receber a aeronave na terça-feira, dia 21 de fevereiro.

A aeronave, configurada com 327 assentos em duas classes, incluindo a classe executiva QSuites, voou de Doha para Londres (QR15), um mercado adequado à proposta do A350-1000 na frota da Qatar. Muita oferta com um luxo comparável ao nível executivo.

A Qatar Airways é o maior cliente da família A350 XWB no mundo, com 76 aeronaves em encomendadas, além de ser a maior cliente do A350-1000.

O A350-1000 se encaixa perfeitamente na crescente frota da Qatar Airways, que já conta com 20 A350-900. Ambas as aeronaves são complementares e possuem elevadíssima compatibilidade, com incomparáveis eficiências operacionais e a mesma exclusiva experiência dos passageiros em sua cabine Airspace.

A cabine disponibiliza um bem-estar absoluto, com maior espaço individual, pressão de cabine otimizada, mais ar fresco, temperatura e umidade controladas, conectividade integrada e a última geração do sistema de entretenimento em voo.

O A350-1000 é a mais recente e maior aeronave de fuselagem larga da Airbus na categoria de corredor duplo. Com uma fuselagem 7 metros maior em comprimento, o espaço para produtos premium de cabine no A350-1000 é 40% maior do que em irmão menor, o A350-900. Na configuração da Qatar Airways, o A350-1000 oferece 44 assentos adicionais. É uma aeronave verdadeiramente de longo alcance, com uma autonomia de 8000 milhas náuticas (~14800 km) ao entrar em serviço.

O A350-1000 possui uma borda de arraste modificada nas asas, novos trens de pouso principais de seis rodas e motores Rolls-Royce Trent XWB-97 mais potentes.

Tal como o A350-900, o A350-1000 reúne o mais recentes descobertas em aerodinâmica, design e tecnologias avançadas para uma mudança de 25% no custo operacional em comparação com aeronaves concorrentes da geração anterior, como o A340.

This post is available in: pt-brPortuguês