Ontem (05/02) a Qatar Airways realizou o voo mais longo do mundo entre Doha, no Qatar, e Auckland, na Nova Zelândia. O voo dura cerca de 16 horas e 20 minutos na rota de ida e percorre 14535 km.

Na rota de volta, Auckland – Doha, a aeronave faz essa mesma distância com um maior tempo, devido aos ventos contrários, ao todo são necessárias 17 horas e 30 minutos para realizar o voo até Doha. A aeronave responsável por fazer isso tudo é um Boeing 777-200LR, a aeronave comercial com maior autonomia oferecida pela fabricante americana Boeing.

O voo entre Doha e Auckland recebeu a denominação QR920 e decola de Doha às 05h02 (horário local) com pouso em Auckland às 07h30 do outro dia (horário local). O Boeing 777-200LR está equipado com 217 assentos na Econômica e 42 na Executiva.

Foto – Qatar Airways/Divulgação

Esse recorde pertencia anteriormente à Emirates, que realiza o voo de Dubai para Auckland com um A380, a rota tinha cerca de 14200 km.

No voo da Qatar cerca de 4 pilotos e 15 comissários de bordo embarcam para realizar essa rota, a tripulação revesa durante o voo para garantir o descanso de todos os tripulantes, incluindo os pilotos. Para os passageiros a Qatar serviu 1100 xícaras de chá, 2 mil bebidas geladas e 1036 refeições, no total 400 kg só de comida para o serviço de bordo, sem contabilizar as bebidas.

Na chegada em Auckland a aeronave foi recebida com o tradicional batismo de água e a Qatar realizou uma transmissão ao vivo do pouso (vídeo abaixo).

 

Confira a galeria de fotos do voo:

 

Confira a transmissão ao vivo da Qatar:

 

COMPARTILHAR