O Aeroporto Internacional Antônio Carlos Jobim, no Rio de Janeiro, recebeu hoje (19/05) sua mais nova expansão, denominada Píer Sul. A nova área irá elevar a capacidade operacional do local de 17 milhões para 30 milhões de passageiros por ano, através de uma extensa área com uma maior quantidade de pontes de embarque.

A concessionária RIOgaleão investiu cerca de 2 bilhões de reais na obra de expansão, que incluiu também uma remodelação de terminais, com transferência de voos para adequar a demanda e facilitar as conexões. O novo Píer Sul conta com 26 novas pontes de embarque e mais de mais de 100 mil m² para os passageiros,

“Com a entrega de uma das mais importantes obras do setor aeroportuário, pressinto que estamos no caminho certo, para impulsionarmos o desenvolvimento do país, conectando tanto nossos estados e regiões, como países vizinhos e outros continentes”, disse o ministro Quintella durante a cerimônia oficial de inauguração, realizada nesta quinta-feira (19/05).

O Píer Sul também disponibiliza uma nova área para restaurantes e lojas com 24 mil m², um Welcome Center para receber estrangeiros e dar orientações e diversas tomadas para melhorar a conectividade dos passageiros. A concessionária também disponibiliza internet wi-fi na área de embarque e desembarque. É destaque do novo Píer a capacidade de receber 3 voos simultâneos do A380 através de pontes de embarque especiais.

Dentro do valor de 2 bilhões de reais também está a substituição de 68 pontes de embarque, 6 mil m² de Salas VIP e 68 novos balcões de check-in, que agora no total resulta em 227 balcões. O terminal 2 ficou totalmente operacional através dos novos banheiros, das 14 esteiras para bagagens, e melhorou sua capacidade de mobilidade com 14 novos elevadores e 16 escadas rolantes. Em estacionamento foi entregue 2700 novas vagas, totalizando 7 mil.

a4e25b61-0663-456e-8963-8053700a93fd
Veja as alterações do antes e depois com o novo Píer Sul.  Foto – Divulgação/RIOgaleão

As obras no Aeroporto do Galeão faz parte dos itens previstos em contrato viabilizado por meio do Programa de Concessões do Governo Federal. Em 2011 o Governo Federal abriu uma rodada de concessões para aeroportos, os primeiros a participar foram Brasília, Natal, Guarulhos e Campinas, em dezembro de 2012 o governo federal lançou o PIL (Programa de Investimento em Logística) e entre as medidas do plano, estava a concessão dos aeroportos do Galeão (RJ) e Confins (MG).

O Consórcio atual administrará o Aeroporto do Galeão até 2039, quando finaliza seu contrato com o Governo Federal. Durante esse período o contrato será seguido a risca, ou seja, as obras para expansão da capacidade e a valorização do conforto ao passageiro será o alvo das operações. A previsão é que em 2039 o aeroporto movimente 80 milhões de pessoas.

 

Confira abaixo a galeria com fotos especiais do novo Píer Sul: (Fotos – Divulgação/RIOgaleão)

 

Confira abaixo o vídeo de divulgação do novo Píer Sul:

COMPARTILHAR