Companhias Aéreas News Outros

Ryanair abre convocação de pilotos brasileiros para voar na Europa

O Boeing 737 é uma aeronave bem comum até mesmo no Brasil, e a Ryanair domina como a maior companhia aérea de baixo custo da Europa, operando com quase 400 aeronaves e atendendo diretamente 86 aeroportos. É uma companhia sólida, com lucro na casa dos bilhões e que transporta anualmente mais de 130 milhões de passageiros.

Talvez esse seria motivos suficientes para você escolher a Ryanair como uma companhia ideal para trabalhar como piloto, e o mais curioso, a todo momento você pode pilotar qualquer um dos 397 Boeing 737-800 NG que compõem a frota da companhia. A Ryanair também destaca que o tripulante pode escolher a base disponível para trabalhar, entre as diversas cidades da Europa que a companhia opera,

Mas se você já pensou em pilotar pela Ryanair fique tranquilo, a companhia fará um Roadshow em São Paulo, no Prodigy Grand Hotel Berrini, e no Rio de Janeiro no Sheraton Grand Rio Hotel & Resort em agosto, no dia 15 de agosto em São Paulo com três horários (10h – 14h – 17h), já no Rio de Janeiro a Ryanair fará um Roadshow no dia 16 de agosto em dois horários (10h – 15h).

Para participar do Roadshow de seleção da Ryanair você precisa enviar um e-mail para o [email protected] e também enviar seu currículo para o site da Ryanair dedicado para as novas vagas, entre lá clicando aqui.

 

Não deixe de verificar a série de requisitos que a companhia pede na lista abaixo:

  • Pilotos habilitados para o 737NG, em todas as variantes 600/700/800/900, ou 737 Classic  em todas as variantes 300/400/500: Nesse quesito a Ryanair exige 3500 horas de voo totais, mas com 2000 horas de voo em aeronaves com mais de 30 toneladas e tripulação dupla. A companhia ainda exige 800 horas de voo como comandante, realizadas a menos de 36 meses.
  • Outras aeronaves: Aos pilotos de outras aeronaves a jato a companhia exige os mesmos critérios do Boeing 737, porém a Ryanair está descartando qualquer candidato que deixou de voar no 737 há mais de 5 anos.

A Ryanair destaca que o comandante que tiver habilitação para pilotar o Boeing 737 deverá anexar a carteira de tipo emitida pela ANAC junto com a sua candidatura no site. A companhia ainda destaca que os pilotos precisam se encaixar nos requisitos exigidos pela União Europeia para o trabalho em solo Europeu, como a autorização de trabalho emitida por qualquer país da União Europeia.

Não há qualquer oportunidade para pilotos de aeronaves de pequeno porte ou de aeronaves regionais como o ATR.

About the author

Redação Aeroflap

Redação Aeroflap

Newsletter

[newsletter_signup_form id=1]

Facebook

Em busca de hotel?


Share This