Foto – Divulgação

A companhia aérea de baixa tarifa, Ryanair, anunciou que irá reduzir o preço de suas passagens em até 6% após a divulgação dos lucros em 2015, em que a companhia conseguiu dobrar seus ganhos no último trimestre. As tarifas da Ryanair já havia apresentado uma ligeira queda de 1% ao longo dos últimos três meses de 2015, porém a estratégia da companhia no momento é reduzir os preços para manter o lucro atual com uma maior quantidade de bilhetes vendidos.

O custo mais barato do QNAV colaborou para que a companhia tivesse uma alta de lucros no último trimestre, a Ryanair aproveitou para realizar um hedge que abrange 95% da sua necessidade de 2017 em termos de combustíveis, com o barril cotado a US$ 62. Para o ano de 2018 ela conseguiu suprir metade da demanda prevista realizando um hedge com barril cotado em US$ 52. Atualmente os custos com combustíveis representa 40% do total gasto pela Ryanair.

A estratégia da Ryanair por enquanto é cortar o máximo a tarifa para manter o rendimento de seus voos, através da lotação máxima de assentos na sua frota de Boeing 737-800. Em 2015 seus voos saíram com uma média de 88% dos assentos reservados.

COMPARTILHAR