A banda X do Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas já está em funcionamento. Oficialmente, estão sendo realizados os primeiros testes operacionais. Na quarta-feira (5), em Vilhena (RO), o Ministro da Defesa, Raul Jungmann participou da primeira transmissão criptografada do Satélite.

Uma reunião intitulada “SGDC Ground Segment Final Validation Review , ocorrida em 30 de junho, com a participação de representantes do Ministério da Defesa, do Comando da Aeronáutica, da Telebras, da Agência Espacial Brasileira, do Ministério da Ciência. Tecnologia, Inovações e Comunicações, da empresa Visiona e da empresa Thales Alenia Space (TAS), marcou a validação final do Satélite e a sua consequente prontidão para uso.

Com a banda X à disposição e oficialmente em testes operacionais, a primeira transmissão criptografada do SGDC ocorreu por meio de uma videoconferência entre o ministro da Defesa, Raul Jungmann, que estava em Vilhena (RO), e o chefe do Estado-Maior do Comando de Operações Aeroespaciais, brigadeiro Ricardo César Mangrich, que falava de Brasília (DF).

Foto – Força Aérea Brasileira

Os testes têm a finalidade de validar processos, adestrar pessoal, e testar equipamentos do Sistema Militar de Comando e Controle (SISMC²), ao qual a banda X do SGDC-1 veio somar. Esses testes devem se estender até meados de agosto de 2017.

A partir de agora, a operação e o monitoramento do satélite estão sob responsabilidade da Força Aérea Brasileira (FAB), que irá trabalhar em conjunto com o Exército e a Marinha.

 

Via – Ministério da Defesa

COMPARTILHAR