Aeroportos News

Secretaria de Aviação Civil divulga índice mais alto da Pesquisa de Satisfação do Passageiro

O Ministério dos Transportes, junto com a Secretaria de Aviação Civil, apresentou mais um resultado trimestral da Pesquisa de Satisfação do Passageiro, que é realizada desde de 2013 pela SAC. O resultado foi muito bom, o índice de nota registrado foi o maior desde a criação da pesquisa, ao todo 15 terminais passaram por uma avaliação realizada por cerca de 13 mil passageiros.

Neste segundo trimestre foram entrevistados 13,1 mil passageiros, sendo que quase metade dos viajantes (49%), deram notas 5 (muito bom) para o indicador de satisfação geral avaliado na pesquisa. O resultado foi a maior porcentagem registrada da série histórica desde o início da coleta de dados, em 2013. Outros 43% avaliaram com notas 4 (bom), 7% com notas 3 (regular) e apenas 1% com notas 2 (ruim).

Além disso, entre os 15 terminais avaliados, 14 tiveram nota acima de 4 – média estipulada pela Conaero (Comissão Nacional de Autoridades Aeroportuárias), – e todos eles apresentaram melhoria em relação a si mesmo na comparação com o segundo trimestre de 2016. Confira na tabela abaixo.

Para o secretário Nacional de Aviação Civil, Dario Lopes, os resultados comprovam o esforço do setor em aprimorar a gestão e entregar um serviço cada vez melhor ao passageiro. “Temos trabalhado junto com os nosso parceiros para identificar e atuar nas melhorias e isso tem funcionado, como comprova a Pesquisa”, pontuou.

 

O melhor aeroporto no ranking geral

Aeroporto de Viracopos na foto.

No ranking geral, o terminal de Viracopos, em Campinas (SP), teve a maior nota (4,90), com um crescimento de 13,1% em relação ao mesmo período de 2016, seguido por Curitiba (4,74) e Brasília (4,58). A menor nota foi do Aeroporto Internacional Deputado Luís Eduardo Magalhães, em Salvador (BA), com 3,86, que embora seja o único aeroporto abaixo da meta estipulada pela Conaero, apresentou melhoria de 2,5% na comparação com o mesmo período do ano anterior.

Pela segunda vez consecutiva, o Aeroporto Internacional Marechal Rondon, em Cuiabá (MT), apresentou a maior evolução no índice de satisfação geral de um aeroporto em relação a si próprio. O crescimento desta vez foi de 21,1%, considerando o segundo trimestre de 2016 e de 2017. Na primeira avaliação deste ano, o terminal mato-grossense já tinha apresentado um aumento de 23% na comparação com o ano anterior.

Aeroporto de Brasília na foto.

Com o resultado, a nota do aeroporto passou de 3,36, em 2016, para 4,07, em 2017. Agora, o terminal acumula crescimento por cinco rodadas consecutivas no indicador de satisfação geral do passageiro. Para o secretário, a tendência é que o Aeroporto de Cuiabá continue melhorando, já que o terminal ainda está em obras, que serão concluídas neste semestre. “Esta é uma obra importante que dará mais conforto e qualidade aos passageiros que utilizam o Aeroporto de Cuiabá”.

Entre os 31 quesitos analisados no terminal, 30 deles tiveram variação positiva, exceto disponibilidade de vagas de veículos que reduziu de 3,63 (2016) para 3,57 (2017). Entre aqueles que tiveram a maior variação positiva no período foram: custo-benefício dos produtos comerciais, que passou de 1,93 para 3,17 (64,2%); quantidade e qualidade dos estabelecimentos, que aumentou de 2,32 para 3,39 (46,1%), e conforto acústico, de 2,90 para 4,05 (39,7%).

 

PESQUISA

Desde que passou a ser realizada, em janeiro de 2013, a pesquisa de satisfação já ouviu mais de 280 mil pessoas nos 15 aeroportos responsáveis por 80% da movimentação de passageiros no país. Numa escala de 1 a 5, os usuários classificam o desempenho das operações em 37 indicadores, além do item final sobre a sua satisfação geral com o aeroporto. Neste último trimestre, foram entrevistadas 13.194 pessoas, das quais 8.343 eram passageiros de voos domésticos e 4.851 de internacionais.

Os aeroportos estão divididos em três categorias baseadas no número de passageiros processados por ano. Até cinco milhões de passageiros estão os terminais de Natal (RN), Manaus (AM) e Cuiabá (MT). Entre 5 e 15 milhões de passageiros estão: Fortaleza (CE), Recife (PE), Curitiba (PR), Porto Alegre (RS), Salvador (BA), Santos Dumont (RJ), Campinas (SP) e Confins (MG). Acima de 15 milhões de passageiros estão Galeão (RJ), Congonhas (SP), Brasília (DF) e Guarulhos (SP). Os passageiros são ouvidos diariamente por pesquisadores da Praxian – Business & Marketing. O nível de confiança do levantamento é de 95%, com margem de erro de 5%.

Veja o relatório completo publicado pela SAC CLICANDO AQUI.

 

Via – Secretaria de Aviação Civil

 

 

About the author

Redação Aeroflap

Redação Aeroflap

Newsletter

[newsletter_signup_form id=1]

Facebook

Em busca de hotel?


Share This