O segundo jato supersônico de treinamento feito pela Lockheed Martin voou pela primeira vez. No dia 20 de fevereiro mais um T-50A voou pela primeira vez, o voo ocorreu em Greenville, na Carolina do Sul. A Expectativa para esse voo foi grande uma vez que a aeronave faz parte da campanha T-X dos EUA.

A empresa Lockheed Martin ofereceu uma proposta de um anúncio do T-50A na competição avançada para treinamento de pilotos (APT), bem como uma instalação de montagem da empresa.



Um dos conceitos principais do T-50A é o treino voltado para a quinta geração de caças, os pilotos que passarem pelo treinador serão no futuro pilotos de aeronaves como o F-22 Raptor e F-35. Na Lockheed Martin as concepções do novo avião foram adquiridas do seu “irmão mais velho”, o T-50, que ainda em operação hoje na USAF, que conta com cerca de 150 jatos, ao todo cerca de 1800 pilotos foram treinados nesse avião.

A Boeing e a Saab também trabalham conjuntamente na Campanha T-X, a fabricante italiana Leonardo também está concorrendo no programa T-X. A Boeing e a Saab foram as únicas empresas que apresentaram um avião de projeto novo.

Assista o vídeo do voo do 2º  Lockheed Martin T-50A

 

Via – Lockheed Martin