Na frota da Southwest o Boeing 737 MAX substituiu imediatamente o antigo 737 Classic, a segunda geração do tradicional narrowbody da Boeing. Mas a nova geração do 737 também está candidatada, ao longo prazo, para substituir o 737 NG, à medida que a frota envelhece.

E por isso a Southwest Airlines está considerando aumentar o número de encomendas de aeronaves desse modelo, como sempre a companhia planeja trabalhar só com 737 na sua frota, assim como a GOL aqui no Brasil.



De acordo com o CEO da companhia, Gary Kelly, no longo prazo a companhia poderá ter cerca de 500 aviões 737 MAX em sua frota. Atualmente a Southwest já opera com 14 aviões 737 MAX 8 em sua frota, e tem encomendas para mais 226 aviões.

O plano da Southwest é pelo menos nos próximos 10 anos substituir toda a frota antiga da companhia, de Boeing 737 NG, para aproveitar o benefício da redução de impostos para as empresas.

Na avaliação do CEO, só será possível expandir as entregas a partir de 2019, quando a Boeing terá mais slots disponíveis de produção, possibilitando atender a essa demanda da companhia.

 

Atualmente a Southwest tem 707 aeronaves em sua frota, todas do modelo 737.