Aeronaves Companhias Aéreas Não categorizado News

TAP encomenda 53 aviões e cancela encomenda de A350

A330-900neo_TAP_
A330-900 em TAP Colors.

A companhia aérea TAP, anunciou nessa tarde uma encomenda de 53 aeronaves diretamente com a Airbus, sendo elas 15 A320Neo, 24 A321Neo e 13 A330-900Neo, para isso a encomenda anterior de 12 Airbus A350-900 foi cancelada, essa foi uma medida que visa adequar a frota da TAP e renovar a idade média das aeronaves para daqui a alguns anos, incluindo a troca dos A350 pelo A330neo que irá otimizar a frota da companhia aérea combinando economia de combustível com capacidade adequada de passageiros.

Como foi dito na notícia anterior sobre a TAP, a Airbus declarou “estes aviões fazem parte da renovação de frota anunciada pelo novo acionista maioritário da companhia aérea, o consórcio Atlantic Gateway. Como parte do acordo, a TAP substitui a encomenda anteriormente feita de 12 A350-900s pelos 14 A330-900neo”. Já o atual presidente da TAP, Fernando Pinto, disse “Nosso último pedido para 14 aeronaves Airbus A330-900neo e 39 aeronaves da família A320 reflete nosso compromissoem fornecer aos nossos clientes a próxima geração de aeronaves mais eficientes. O A330neo, como a família A320neo, nos dará a flexibilidade para entrar em novos mercados e melhorar a frequência dos já existentes, devido à sua combinação de alta confiabilidade, baixo custo operacional e conforto excepcional”.

Airbus A320neo em TAP Colors.
Airbus A320neo em TAP Colors.

A TAP Portugal atualmente só opera aeronave Airbus em sua frota acima de 140 passageiros, sendo 43 da família A320, 14 A330-200 e 4 A340-300. O recém lançado A330-900Neo oferecerá para a companhia uma redução no consumo de combustível de até 14%, possível a partir de motores de nova geração, melhorias aerodinâmicas e novos recursos de cabine.  Além disso o A330Neo oferece maior autonomia de voo graças ao consumo menor.

Nessa tarde o novo responsável pela TAP através da Atlantic Gateway, David Neeleman, também ressaltou que junto das encomendas de Airbus pode vir outras de aeronaves regionais para operar internamente no mercado português. Em comunicado a imprensa ele diz “Desenvolver a aviação regional em Portugal está nos nossos planos, sim. Precisamos alcançar as cidades menores do país e, para isso, estamos analisando aquisições de turboélices, ou até mesmo modelos Embraer 190. Ainda não sabemos ao certo. O que está acordado é que precisamos alimentar essas regiões”. Entre mais informações ele também emendou informando que haverá integração com a Azul no Brasil entre a equipe de terra e da malha de aeronaves.

DAUoHlp

About the author

Pedro Viana

Pedro Viana

Acadêmico de Engenharia Aerospacial - Editor de foto e vídeo - Fotógrafo - Aeroflap

Newsletter

[newsletter_signup_form id=1]

Facebook

Em busca de hotel?


Share This