A TAP Portugal agora está fazendo uma cobrança polêmica em seus bilhetes aéreos, a companhia portuguesa está cobrando a Taxa de Combustível, algo antes nunca visto pelo passageiro brasileiro, mas que é comum na Europa em qualquer tipo de companhia aérea, até a British Airways cobra essa taxa de combustível.

Apesar disso o consumidor pode ficar tranquilo quanto as passagens adquiridas via dinheiro, e nem tanto para as passagens adquiridas por milhas. Nas passagens pagas em dinheiro esse valor já está embutido junto do valor total da passagem, então o consumidor seria capaz de avaliar diretamente o custo benefício da companhia em relação as concorrentes, isso também está de acordo com a nova resolução 400 da ANAC, que obriga a companhia aérea informar o valor do bilhete já com taxas e encargos incluídos.



Para as passagens adquiridas em milha o cenário não é tão favorável, a companhia cobrará além das milhas a taxa de combustível, identificado como Sobretaxa Transportadora, além das tarifas de embarque e encargos.

Em uma simulação feita pela Aeroflap no dia 15 de março, com passagens entre Brasília e Lisboa para o dia 05 e 12 de abril, a companhia aérea cobrou um bilhete de € 1982,84, pela ida e volta para somente 1 adulto, nesse valor estava junto a taxa de € 187,98, chamada também de Sobretaxa Transportadora, ou custo do combustível.

Em outra simulação feita pelo site Melhores Destinos, essa sobretaxa foi incidida no custo da passagem adquirida por milha. O passageiro que optar por essa modalidade teria que pagar o valor de € 189,46, além do pagamento da taxa de embarque e encargos. A passagem na simulação do Melhores Destinos sairia por 60 mil milhas, somente a ida de Guarulhos para Lisboa.

Teoricamente na Europa as companhias aplicam essa taxa quando o preço do combustível está alto, deixando de indexar esse valor quando o preço diminui. Esses encargos não fazem com que a passagem aérea suba (devido a competitividade), mas muda a forma como a tarifa é distribuída. 

Outras companhias aéreas ainda não relataram se cobrarão a taxa de combustível em seus programas de milhas.